Você está em:

Câmara de Ouro Preto fiscaliza gestão do Carnaval da cidade

05-02-2013

Local de apresentação dos grupos de Hip-Hop foi o grande questionamento dos parlamentares

Na última terça-feira (5), a Câmara de Vereadores de Ouro Preto recebeu o Secretário Municipal de Cultura e Turismo, Jarbas Avellar, para falar sobre a execução do Carnaval 2013. O convite do Legislativo para a apresentação do Secretário foi motivado pela transferência das apresentações dos grupos de Hip-Hop da cidade – antes realizadas na Praça Orlando Tropia (em frente à Escola Estadual Dom Pedro II) – para a Praça da Universidade Federal de Ouro Preto (em frente ao Centro de Convenções).

 

“O posicionamento da Câmara é de repúdio à transferência do movimento Hip-Hop”, afirma o Presidente do Legislativo, Léo Feijoada (PSDB), pontuando as limitações que o espaço impõe aos artistas. O local será utilizado por blocos estudantis no período do dia fazendo com que o horário de início das apresentações dos grupos de Hip-Hop seja previsto para às 21h, caso não haja atrasos, e o ambiente deve ser entregue até às 2h.

“Ficamos prejudicados porque são muitos grupos e é difícil saber se os blocos que utilizarão o mesmo espaço durante o dia e a equipe de limpeza vão conseguir entregar tudo limpo até às 21 horas para o início da nossa programação”, declarou o Presidente da Associação A Rede - Cultura de Rua, Temístocles Rosa, conhecido como Teco. “No nosso ponto de vista foi um ato preconceituoso e discriminatório praticado pelos organizadores desse Carnaval”, afirma o representante dos artistas do Hip-Hop sobre a retirada do movimento do centro histórico de Ouro Preto.

O Secretário Jarbas Avellar confessou que não houve negociação com os artistas a respeito do espaço de apresentação. “Nós teremos cerca de 40 bandas de Ouro Preto e mais 15 bandas de fora da cidade e foi a Prefeitura que estabeleceu o local de cada uma delas, assim como fez com o Hip-Hop”, declara Jarbas. De acordo com o Secretário, o caso foi encaminhado ao Prefeito Municipal e o local ainda é passível de mudança.

Além da distribuição dos espaços e circuitos do Carnaval, o Secretário de Cultura e Turismo de Ouro Preto esclareceu sobre toda a gestão do evento. “Em relação ao investimento que será aplicado no Carnaval, o Secretário informou à Câmara que haverá um aumento em torno de 40% em comparação ao ano passado, porque, segundo ele, está valorizando mais os grupos locais”, afirma o Presidente da Câmara, Léo Feijoada, ao destacar a informação de que o repasse para o bloco tradicional Zé Pereira dos Lacaios passou de R$ 7 mil para aproximadamente R$ 11,5 mil. O movimento do Hip-Hop, que em 2012 recebeu R$ 18 mil do Município, foi contemplado com R$ 28 mil neste ano.

COMTUR – Durante a Reunião da Câmara de terça-feira, o Presidente Léo Feijoada indicou os vereadores Thiago Mapa (PP) e Chiquinho de Assis (PV) para comporem o Conselho Municipal de Turismo (COMTUR).