Você está em:

Câmara aprova Projeto sobre alteração do horário de funcionamento bancário em Ouro Preto

E-mail Imprimir PDF

Durante a 18ª Reunião Ordinária, realizada na última quinta-feira (7), a Câmara Municipal de Ouro Preto aprovou o Projeto de Lei nº 5/2013, que dispõe sobre a alteração do horário de funcionamento bancário no Município.

De autoria do vereador Thiago Mapa (PP), o Projeto propõe que o atendimento ao público seja de, no mínimo, seis horas diárias e aponta para que o início das atividades seja preferencialmente às 10h - seguindo, normalmente, até às 16h. Atualmente, o funcionamento tem início às 11h.

De acordo com o autor do Projeto, a iniciativa visa atender a demanda da cidade e seus distritos, como também ao fluxo de turistas. “A gente vê a dificuldade, principalmente do povo humilde e da população que vem dos distritos”, afirma Thiago Mapa ao lembrar que os cidadãos que residem nos doze distritos e em zonas rurais dependem muitas vezes do horário de ônibus. “A gente nota que essas pessoas chegam entre 7h e 9h na sede municipal e precisam aguardar até às 11h para poder utilizar o serviço bancário”, ressalta o parlamentar. Ainda segundo o edil, “por ser uma cidade turística, Ouro Preto recebe grande fluxo de pessoas no banco, o que gera filas imensas, não só no horário de pico”. Tal mudança já foi aderida em Belo Horizonte e em cidades vizinhas, como Betim e Contagem, onde os usuários ganharam uma hora no atendimento.

Sendo sancionado pelo Prefeito Municipal, o Projeto estipula o prazo de 60 dias para que as agências bancárias tomem as medidas necessárias para adequação à Lei - período contabilizado a partir do dia de sua publicação. O Presidente da Câmara, vereador Léo Feijoada (PSDB) nomeou uma Comissão Especial composta pelos vereadores Chiquinho de Assis (PV), Nicodemos (PT do B), Wander Albuquerque (PDT) e Thiago Mapa para acompanhar as mudanças a serem realizadas pelas agências.