Você está em:

Vereadores realizam última reunião do mês em Santa Rita e entram em recesso

E-mail Imprimir PDF

15/07/2014

As reuniões ordinárias serão retomadas dia 5 de agosto

 

Na terça-feira, dia 15 de julho, a Câmara de Ouro Preto esteve em Santa Rita. Por meio da Câmara Itinerante, foram realizados 290 atendimentos no distrito.

 

A moradora da rua Miguel Pacheco, Conceição Rosa Moreira, no auge dos seus 94 anos, conferiu os serviços prestados. “Procurei pelo exame de vista pois não estou enxergando quase nada”, afirma ela. Os 51 exames de vista agendados no dia serão realizados na próxima terça-feira, dia 22, na quadra poliesportiva Joana Chaves.

Durante a reunião dos vereadores no distrito, a comunidade local reivindicou uma série de ações para melhoria na área da Saúde, como a contratação de médicos para atender os moradores da zona rural, pediatra para a sede do distrito, contratação de terapeuta para atender no CRAS e melhora na marcação e realização de exames.

"Fica aí a minha preocupação com a área da Saúde. Há muitos anos nós tivemos pediatra e ginecologista trabalhando em Santa Rita, hoje nós temos simplesmente um médico que está desanimado a continuar devido retaliações de certas pessoas", afirma o vereador José Geraldo "Zé do Binga" (PPS).

A moradora do Canavial, Aparecida de Lourdes (45), acompanha a luta de sua vizinha de 76 anos de idade que faz tratamento oncológico e utilizou a Tribuna Livre para pedir aumento da frota do transporte da Saúde e que os pacientes em estado grave sejam apanhados em suas residências. "Há sete anos eu acompanho Dona Cecília. A gente sai de casa às duas horas da manhã e o SAMU vem buscar a gente em Santa Rita. Aí eles falam que vem pegar a gente as três e meia e, geralmente, como por exemplo na última sexta-feira, o carro chegou às cinco horas", relata Aparecida.

Os moradores de Santa Rita solicitaram também a construção das casas populares; que seja verificada a constante falta d’água em alguns locais, principalmente no Engenho; assistência social para as pessoas desempregadas e que passam necessidades básicas; reforma das residências de propriedade das pessoas para as quais a prefeitura paga aluguel social; e verificação da falta de energia elétrica em algumas residências da rua Limeira. Os vereadores fizeram uma Indicação conjunta solicitando todas essas benfeitorias à Prefeitura Municipal.

“A população trouxe alguns apontamentos, uma boa parte tem suas razões, outras a gente percebe um pouco de manipulação. A fala deles vem de encontro com a fala dos vereadores de oposição que não perdem a oportunidade de criticar“, avalia o vereador Roberto Leandro (PSDB). “Da nossa parte, o vereador Roberto Leandro e o governo vão continuar trabalhando seriamente pra resolver as demandas da comunidade, seja dos distritos, seja da área urbana. A gente sabe que são muitos os problemas, foram quase oito anos de abandono da cidade de Ouro Preto e principalmente dos distritos pela administração anterior, mas questões como as da Saúde, do transporte até em casa, é uma situação que vamos trabalhar para corrigir“, afirma Roberto.

O vereador Thiago Mapa (PP) avalia a reunião positivamente e ressalta a dificuldade enfrentada pelos moradores do distrito em relação ao mercado de trabalho no distrito. "Uma situação grave que eu vejo em Santa Rita é a questão do desemprego, para que não haja esse fluxo de pessoas indo embora", pontua o edil. "Acredito que a população em geral está no caminho certo. Os artesãos estão se reunindo para divulgar o local e fazer o portal do distrito para fortalecer o turismo e gerar emprego e eu vou sempre apoiar isso “, conclui.

O presidente da Câmara, vereador Léo Feijoada (PSDB), lamentou que a comunidade de Santa Rita ainda tenha que apresentar reivindicações básicas. "As pessoa muitas vezes necessitam do transporte público para se deslocarem até o atendimento do SUS, e tratando-se de distrito, os horários de ônibus são escassos. Em Santa Rita, por exemplo, o horário de ônibus para Ouro Preto é apenas uma vez por dia", pontua Léo. "Então as pessoas necessitam do transporte público e esse é um dos compromissos de campanha do prefeito José Leandro feito em 2012, dizendo que disponibilizaria 10 carros para a área da Saúde em Santa Rita. Hoje há apenas dois e as pessoas reclamam que estão perdendo as suas consultas por falta de transporte", conclui. "Nós acreditamos no prefeito José Leandro e há elogios também. Foi um acerto o investimento de meio milhão de reais na telefonia móvel e de quase dois milhões na nova escola de Santa Rita", ressalta o presidente da Câmara.

LDO – Na mesma reunião, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei nº 28/2014 que dispõe sobre as diretrizes para elaboração da Lei Orçamentária para o exercício financeiro de 2015, com voto favorável de 10 vereadores e o voto contrário do vereador Chiquinho de Assis (PV). A proposição, conhecida como projeto da LDO, foi aprovada em redação final.

Recesso parlamentar – Após a aprovação do projeto da LDO, os vereadores de Ouro Preto entraram em recesso. Os trabalhos parlamentares serão retomados dia 5 de agosto, terça-feira, com a realização de reunião ordinária no Plenário da Câmara, às 16h.

Durante o recesso do Legislativo, a Internet Popular e o Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC) da Câmara de Ouro Preto funcionarão normalmente, de segunda a sexta-feira, de 8h às 18h.

Para informações sobre a emissão de Carteira de Identidade, do Atestado de Bons Antecedentes e do serviço de Documentos Perdidos, basta entrar em contato com o CAC por meio do telefone 0800 285 1110 ou 3551-5700.