Você está em:

Moradores de Miguel Burnier reivindicam melhorias durante Câmara Itinerante

E-mail Imprimir PDF

23/09/2014

Na terça-feira, dia 23 de setembro, a Câmara de Ouro Preto esteve em Miguel Burnier. Foram realizados 165 atendimentos ao longo do dia, entre eles: exames de vista (optométricos), cortes de cabelo e orientações sobre saúde bucal.

 

No final da tarde, os vereadores se reuniram com a comunidade na Escola Municipal Monsenhor Rafael. O presidente da Associação de Moradores do distrito, Paulo Fernandes, reivindica atenção para o local. “Como a gente está muito distante da sede do Município, a prefeitura está nos deixando esquecidos’’, afirma Paulo. ‘‘O prefeito assumiu melhorias para a escola, quadra e posto de saúde, mas infelizmente nada disso está acontecendo’’, pontua. ‘‘A gente precisa que a prefeitura olhe mais para Miguel Burnier. Temos um fluxo muito grande de caminhões e é necessário fazer a pavimentação local. Já conversei com representantes do DER e estamos pedindo o apoio da Prefeitura para providenciar o asfalto’’, relata o presidente da associação de moradores.

A diretora da Escola Municipal Monsenhor Rafael, Edilene Firmino, espera a conclusão da reforma da unidade de ensino. ‘‘A reforma começou em junho deste ano, mas o empreiteiro iniciou a pintura antes de consertar o telhado e o piso. A engenheira pediu para interromper o serviço e até hoje não retomaram a obra’’, afirma Edilene.

O vereador Dentinho da Rádio (PT) ressaltou a relevância da mineração em Miguel Burnier para a economia do Município. ‘‘O nosso maior recurso vem de Miguel Burnier. Precisamos que o prefeito melhore a situação da população do distrito que está pedindo qualidade de vida’’, ressalta o parlamentar.

A reunião aconteceu em caráter especial devido à falta de quórum inicial. No momento da leitura do expediente, apenas o presidente da Câmara e três vereadores estavam presentes. ‘‘Um dos motivos da reunião não ter quórum foi a operação Pare e Siga na região de Cachoeira do Campo. Os vereadores chegaram atrasados, justificaram, mas houve muito atraso’’, pontua o presidente da Câmara, vereador Léo Feijoada (PSDB).

De acordo com o presidente da Câmara, a comunidade de Miguel Burnier aguarda melhorias há mais de uma década. ‘‘Hoje, o distrito representa a maior arrecadação do Município de Ouro Preto e a prefeitura está sendo omissa com essa situação’’, pontua o edil. ‘‘A comunidade tem representante no governo, mas infelizmente não está sendo assistida’’, ressalta. ‘‘Parece que o governo, tanto o atual como os anteriores, está entregando Miguel Burnier para as mineradoras’’, lamenta Léo Feijoada.