Você está em:

Vereadores de Ouro Preto vão ao DEER-MG discutir demandas para o município

E-mail Imprimir PDF

Os vereadores ouro-pretanos foram ao Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER-MG), nessa quarta-feira (15), a fim de pedir melhorias para as rodovias estaduais que cortam o município de Ouro Preto. Para a reunião, os edis prepararam uma pauta de reivindicações levando em consideração os principais problemas apontados pela população.


A interrupção do tráfego pesado na Estrada Real, trecho da MG129, foi a principal demanda debatida durante o encontro. O trânsito de carretas tem afetado a rotina do bairro Saramenha. Como representante da comunidade do bairro, o morador Antônio Carlos Guedes foi convidado a também participar da reunião e apresentar o problema, especialmente na avenida Américo Renné Gianneti, e o seu impacto na localidade. Segundo ele, “a comunidade hoje reclama do trânsito pesado dos caminhões, principalmente de madrugada, que estão detonando o asfalto e os cabos de energia e telefone”. Guedes completa: “Os vereadores estão de parabéns, temos que agradecer a eles o trabalho e o empenho na busca de soluções. Nós conseguimos nos reunir diretamente com o diretor-geral do DEER, e agora acredito que teremos um andamento para resolver essa situação”.

Para o vereador Mercinho (PMDB), a reunião foi muito importante debater fatos ocorridos na Estrada Real. “Fiz algumas colocações, principalmente em relação à colocação de redutores de velocidade para reduzir o número de acidentes. Concordo que é preciso tirar o trânsito de carretas em Saramenha, pois tem causado muitos transtornos aos morados. Mas é necessário buscar uma solução para que essa proibição não prejudique o distrito de Santa Rita de Ouro Preto, por exemplo, que precisa escoar sua produção, bem como receber mercadorias para abastecer o comércio local”, explica.

Sobre a questão, o diretor-geral do DEER-MG, Djaniro da Silva, afirma que será feito um estudo no departamento para a proibição do tráfego de veículos pesados no local, bem como a fiscalização será intensificada na região. Outros pontos debatidos na reunião foram manutenção, corte de árvores, melhorias na sinalização das estradas, troca e colocação de radares, entre outras, abrangendo, além da MG129, a MG30 e a MG440. “Todas as reivindicações serão analisadas nos setores devidos, de fiscalização, transporte e manutenção”, garante o diretor.

O presidente da Câmara de Ouro Preto, vereador Wander Albuquerque (PDT), faz um balanço positivo da reunião. “Montamos uma lista grande de demandas para apresentar ao DEER. Como a pauta foi apresentada com antecedência ao departamento, já nos foram repassados apontamentos, como os projetos que já estão em andamento, como pavimentação, vistoria das estradas e serviços de conservação em alguns trechos. Agora, nós vamos detalhar ainda mais algumas solicitações para retornar os procedimentos ao DEER que, certamente, nos responderá prontamente e atenderá no que for possível”, avalia.

Participaram da reunião o diretor-geral Djaniro da Silva, o morador de Saramenha, Antônio Carlos Guedes, e os vereadores Geraldo Mendes (PCdoB), Juliano Ferreira (PMDB), Luciano Barbosa (PMDB), Marquinho do Esporte (Solidariedade), Mercinho (PMDB), Regina Braga (PSDB), Vantuir (Solidariedade), Vander Leitoa (PV) e Wander Albuquerque (PDT).