Você está em:

Posto de Identificação da Câmara atende de bebês a idosos com a confecção de carteiras de identidade

E-mail Imprimir PDF

Tem aumentado cada vez mais o número de pessoas que buscam o Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC) para a emissão da primeira via de carteiras de identidade.

 

 

Em março, o CAC fez o RG do bebê Arthur Resende Vieira, com apenas 1 mês e 16 dias. “Hoje em dia. é muito mais prático, para nós mães, portarmos a identidade do que a certidão. Como viajarei, é necessário um documento com foto, além da certidão de nascimento que já é exigida pela companhia aérea”, frisa Jaqueline Medeiros Vieira, que é moradora do bairro São Cristóvão, em Ouro Preto.

Por motivo semelhante, a pequena Júlia Maria Menezes do Carmo, de nove meses, foi trazida por sua mãe, Fabiana da Conceição Rosa, para também fazer a primeira via do documento. “Recentemente, fui a Ouro Branco, e o motorista do ônibus exigiu o RG, mas eu tinha apenas a certidão de nascimento. Foi quando eu percebi a importância de a Júlia ter a carteira de identidade dela, até mesmo para eu provar que é minha filha em futuras viagens”, relata a mãe.

Além das crianças, Geraldo Martins, de 66 anos, e Ronaldo Aparecido da Silva, de 52 anos, também fizeram seu primeiro RG em março. Os principais motivos para providenciar a primeira via da carteira apenas após os 50 anos são: a necessidade do documento para fazer a prova de vida no INSS e dar entrada no pedido de aposentadoria, tratamentos de saúde e viagens, por exemplo.

“Achava que somente a certidão de nascimento era suficiente, mas, com a  idade, também chegam os problemas de saúde. Foi nas minhas idas ao médico, que ele mandou que eu tirasse meu RG para continuar o tratamento”, conta Geraldo Martins, que nasceu em Belo Horizonte e reside há 20 anos no distrito Antônio Pereira.

Já para Ronaldo Aparecido da Silva, natural de Congonhas e morador do bairro São Cristóvão, o motivo foi a impossibilidade de continuar trabalhando: “Sempre trabalhei como servente de pedreiro. Vim tirar meu RG para poder entrar com a papelada para minha aposentadoria”.

O Posto de Identificação do CAC funciona no hall de entrada da Câmara Municipal, localizada à praça Tiradentes, nº 41. A emissão de carteiras de identidade é feita via agendamento prévio – de segunda a sexta-feira, a partir de 8h, por meio dos telefones (31)3552-8527 ou 3552-8545. A primeira via de identidade é gratuita; para as demais vias, a taxa é de R$32,51. Também são necessários os seguintes documentos: comprovante de endereço; comprovante de residência, certidão de nascimento ou fr casamento e duas fotos 3x4 recentes.