Você está em:

Câmara de Ouro Preto aprova projeto sobre cessão de espaço para instalação de fábrica em Cachoeira do Campo

E-mail Imprimir PDF

Os vereadores da Câmara de Ouro Preto aprovaram, no dia 25 de abril, o projeto de lei nº15/2017, de autoria do prefeito Júlio Pimenta (PMDB). O documento autoriza o Poder Executivo a ceder e, posteriormente, doar imóvel com encargos à empresa Z3 Produtos Naturais Ltda. O empreendimento é voltado para a produção produtos naturais como barras de frutas e manifestou interesse em se instalar na região, com um fomento na área de geração de empregos.

 

Para isso, seria necessário uma área correspondente a 45.013,00m². A Z3 tem sede em Belo Horizonte e objetiva fomentar a produção, contratando pessoas do município ouro-pretano, com a previsão da geração de, aproximadamente, 150 empregos diretos e 500 indiretos. De acordo com o projeto de lei, o município criou o polo industrial no distrito de Cachoeira do Campo, que autorizava a doação de uma área de sua propriedade à empresa Delphi Automotive Systems do Brasil Ltda. Todavia, por motivos alheios, as condições de implantação da referida empresa não se concretizaram, ficando ocioso o local doado. Dessa forma, o espaço seria adequado para a instalação do novo empreendimento.

Um dos diretores da Z3 Produtos Naturais, Adriano Greany dos Santos, participou da reunião ordinária e destacou que a fábrica irá profissionalizar agricultores da região. “Além da geração de empregos, a empresa tem sérios propósitos, como o de desenvolver não somente a área urbana, mas também o microagricultor. Faremos um plantio experimental e levaremos esse método para o campo para envolvermos o microprodutor e darmos condições para que ele tenha uma vida melhor. A ideia é que consigam fornecer 100% da nossa matéria-prima, ou seja, os ouro-pretanos irão produzir para exportamos para o mundo”.

Para o presidente da Câmara de Ouro Preto, Wander Albuquerque (PDT), o novo empreendimento será fundamental para a geração de trabalho. “Ouro Preto precisa diversificar a economia, não podemos ficar mais reféns da mineração. Nosso maior objetivo com a aprovação desse projeto é buscar empregos para os ouro-pretanos, e isso será o início de vários outros investimentos no nosso município. A Z3 trará renda para a nossa cidade e gerará empregos para a população, o que é nossa maior preocupação hoje”.

O vice-prefeito de Ouro Preto, Tico Miranda (PDT), parabenizou a Câmara pela aprovação do projeto. “O Legislativo entendeu a nossa posição de suprir a falta de emprego para o nosso povo nesse momento que estamos passando. É uma alegria muito grande, principalmente, de estarmos recebendo a primeira empresa no polo industrial de Cachoeira do Campo”.

Diante aprovação do documento, o próximo passo é a construção de um galpão para que os trabalhos sejam iniciados. Conforme dispõe o projeto de lei: “caberá ao município de Ouro Preto a doação da área e o fornecimento de infraestrutura constituída de galpão com aproximadamente 2.200m², que será edificado na área doada”. O projeto de lei foi aprovado por 14 votos e uma abstenção.