Você está em:

Projeto educacional em Rodrigo Silva debate papel do vereador

E-mail Imprimir PDF

Crianças de Rodrigo Silva visitaram a Casa Bernardo Pereira de Vasconcellos, sede da Câmara de Ouro Preto, nessa quinta-feira (29). Na oportunidade, os alunos do 4º ano conheceram como funciona o Legislativo Municipal e conferiram a realização da reunião ordinária dos vereadores. A visita faz parte de um projeto escolar que vem sendo desenvolvido na Escola Municipal Dr. Alves de Brito tratando das funções dos Poderes Executivo e Legislativo.

 

A professora Valéria de Araújo, idealizadora do projeto, conta que o trabalho começou, em fevereiro, na aula de Geografia, que aborda o tema município, da turma do 4º ano, de 12 alunos. Ela identificou que os estudantes não conheciam a Câmara e não sabiam diferenciar os Poderes, por exemplo. O conteúdo, que se iniciou com Geografia, foi se expandindo para outras matérias e se tornou um projeto interdisciplinar, envolvendo Matemática, Português e História. Além dos assuntos abordados em sala, os alunos fizeram atividades fora da escola, como uma pesquisa com a comunidade para verificar as principais demandas do distrito e se os entrevistados conseguiam definir os papéis da Prefeitura e da Câmara.

“Levando em conta o período que o País está vivendo, a gente começou a trabalhar com essas questões. Olha a situação econômica e política que o Brasil enfrenta. E hoje, se questionados, eles vão dizer que o grande problema do país é justamente a corrupção”. Daí surgiu o nome do projeto: “A corrupção começa aqui”, segundo a docente, referindo ao problema de que a corrupção acontece na atuação de cada um, por exemplo, com a venda de votos ou com os pedidos em benefício próprio.

Os resultados foram apresentados, por meio de gráficos e relatório, ao presidente da Câmara, vereador Wander Albuquerque , que convidou a professora para participar da Tribuna Livre. Ela relatou um crescimento da consciência política e cidadã das crianças. Elas passaram a saber do papel primordial do vereador que é legislar e fiscalizar.

O aluno José Luiz Barbosa dos Anjos gostou muito do projeto e do passeio na Câmara, onde ele nunca havia ido: “Eu descobri que os vereadores fazem as leis, e o prefeito e o vice-prefeito executam”. Já Ana Júlia Mansur Araújo, de 10 anos, contou que: “A política não é só as coisas que as pessoas falam, é muito mais”, sobre o conhecimento de que a política faz parte do dia a dia de todos e não está restrita apenas à atuação dos vereadores e do prefeito. Sobre as demandas identificadas durante a pesquisa, ela descreveu: “A gente viu que precisava de lixeira nas ruas e uma área de lazer boa no distrito”.

Todos os vereadores parabenizaram a iniciativa e o empenho das crianças, destacando a importância de cada cidadão conhecer o real papel do Legislativo municipal e a necessidade da inserção de ciências políticas no conteúdo programático educacional. “Foi muito gratificante ouvir dos próprios alunos a função do vereador. Fizemos questão de abrir o espaço da Tribuna Livre para esse projeto para que sirva de exemplo a toda a população. As pessoas, hoje, não sabem o que é o Legislativo, o Executivo e o Judiciário, misturam tudo. É extremamente importante a participação popular na política e isso é feito com conhecimento sobre cidadania, as funções dos poderes e como cobrar e fiscalizar o trabalho de cada um deles,” completou Wander Albuquerque.