Você está em:

Programa de habitação em áreas rurais é tema de reunião da Câmara de Ouro Preto

E-mail Imprimir PDF

Durante a reunião ordinária dessa quinta-feira (28) a secretária Municipal de Desenvolvimento Social, Habitação e Cidadania, Luciene Andréia Barbosa Ribeiro utilizou a Tribuna Livre para prestar informações sobre o programa "Minha Casa Minha Vida Rural", referente às moradias na área rural do município. O convite foi motivado por um requerimento feito pelo vereador Vantuir (SD).

“Fiz esse requerimento para termos explicações desse programa. Queremos entender e ver como ele funcionará. É um programa bom, haja vista que nosso município é muito grande. Acompanharemos o desenvolver do ‘Minha Casa minha Vida Rural’, esperamos que dê certo e que atenda às pessoas que realmente necessitam”, destaca Vantuir.

Segundo Luciene, existe uma grande preocupação do Executivo em diminuir o déficit habitacional no município, e diante da situação financeira atual, não é possível trabalhar com investimentos nessa área com recursos do município. “Buscamos parcerias para tentar diminuir esse déficit e atender pelo menos uma parte das famílias que estão demandando por uma unidade habitacional. Através do Coletivo Chico Rei conhecemos a entidade “União Metropolitana por Moradia Popular”, de Belo Horizonte, e vimos que eles trabalhavam com o programa "Minha Casa Minha Vida Rural". Selecionamos 35 famílias dos distritos, que estavam cadastradas nos CRAS e dentro dos critérios, apresentamos a demanda ao programa, e assim, eles mostraram a possibilidade de trabalharmos com 31 unidades habitacionais em Ouro Preto, sendo que pleitearemos mais quatro para atender a todas. Dessa forma, a documentação foi enviada à Caixa Econômica Federal, e estamos aguardando retorno dessa aprovação para que a entidade leve para um processo seletivo e nós tenhamos a possibilidade de conseguirmos essas unidades para Ouro Preto. Paralelo a isso, estamos trabalhando para conseguirmos o cadastro de outras famílias que não conseguiram entrar nesta etapa”, explica.

O vereador Vander Leitoa (PV) pontuou sobre a importância da transparência na listagem das pessoas que serão contempladas com as casas. “Parabenizo a secretária pelo trabalho que vem desenvolvendo na pasta. Um dos pontos fundamentais, é a transparência na listagem dos contemplados, porque na comunidade de Antônio Pereira existem algumas que questionam que estavam na fila há anos e não receberam os benefícios das casas que foram entregues nos anos anteriores. Então, com esse novo programa, acompanharemos de perto”. Dessa forma, Luciene afirmou que com a aprovação do projeto "Minha Casa Minha Vida Rural", a listagem será amplamente divulgada.

Para que o "Minha Casa minha Vida Rural" seja efetivado, a Secretaria municipal de Desenvolvimento Social, Habitação e Cidadania aguarda a aprovação da documentação pela Caixa Econômica Federal e também a seleção da entidade responsável pelo programa.