Você está em:

Câmara Itinerante realiza cerca de 800 atendimentos em Santa Rita de Ouro Preto

E-mail Imprimir PDF

A comunidade de Santa Rita de Ouro Preto teve grande participação na Câmara Itinerante, realizada nessa terça-feira (3) no distrito. Foram oferecidos diversos serviços como confecção de carteiras de identidade; cortes de cabelo; aferição de pressão arterial; assessoria jurídica, emissão de CPF, oficinas de dança e doação de livros (Complexo da Juventude); instruções sobre saúde bucal, agricultura familiar e alistamento militar; orientações do Programa de Atenção ao Idoso (PAI), da Associação Comunitária dos Deficientes de Ouro Preto (Acodop) e do Conselho Tutelar; além de brinquedos para as crianças, entre outros.


No total, foram realizados 808 atendimentos, sendo as oficinas de dança, ministradas pela equipe do Complexo da Juventude, a atividade mais procurada, com a participação de 60 crianças. Segundo Temístocles Rosa (Teko), do Complexo da Juventude, é importante mostrar aos jovens, principalmente àqueles dos distritos que não têm acesso a alguns serviços e informações, a importância das atividades esportivas e de lazer.

As atividades aconteceram na Escola Municipal Maria Leandra durante todo o dia. Para a diretora do local, Ana Lúcia Rodrigues Moreira, “a comunidade ficou muito satisfeita com o programa. Acho que agradou a todos, as crianças adoraram as brincadeiras. É muito positiva essa parte de fazer carteira de identidade e das orientações judiciais”.

A senhora Conceição Sabino Honório aproveitou a Câmara Itinerante para fazer sua primeira carteira de identidade, aos 82 anos. Sua filha, Geraldina Assunção Batista Mapa, descreveu que “a vinda da Câmara Itinerante facilitou nossa vida, porque tínhamos que ir até Conselheiro Lafaiete ou em Ouro Preto para fazermos a identidade”.

População também participou da reunião ordinária

Logo após os serviços, foi realizada a reunião ordinária dos vereadores, quando os moradores puderam utilizar a Tribuna Livre para fazer reivindicações. “Queremos que a Prefeitura olhe para nós de Santa Rita. Os prédios públicos estão sucateados, sem falar das escolas rurais, que foram nucleadas. Esses imóveis podem servir para muitas coisas em benefício para a comunidade”, ressaltou o padre Antônio Jésus Vieira, que é morador do distrito há 29 anos e utilizou a Tribuna Livre.

“Santa Rita precisa mesmo de as pessoas se unirem e cobrarem melhorias. Os moradores fizeram suas colocações e reivindicações. São intervenções como terrenos, bueiros, quebra-molas, isso tudo é muito importante para nós, santa-ritenses. A luta continua, e eu estou aqui para dar forças e vamos lutar por uma Santa Rita melhor”, defendeu o vereador Mercinho (PMDB).

O vereador Zé do Binga (PPS) concordou: “Santa Rita tem que ser melhor tratada. Está faltando apoio ao pequeno produtor, as ruas estão precisando de manutenções, precisamos de banheiros químicos. Todas as indicações são de grande importância. A área da saúde precisa ser vista, principalmente a questão de transporte para as pessoas que precisam consultar em Ouro Preto”.

O vereador Thiago Mapa (PMN) também pontuou que toda a comunidade se manifestou. “Podemos notar que os pedidos são os mesmos dos últimos anos. Esperamos que tenha uma sensibilidade e que, pelo menos, as solicitações mais simples sejam atendidas. A união faz a força”. Ele acrescentou a questão de transformar Santa Rita em um polo para receber turistas e gerar renda.

Ao final da reunião, os edis fizeram uma indicação e um requerimento, que serão encaminhados ao Executivo, solicitando intervenções para Santa Rita, conforme pedidos dos próprios moradores do distrito. Também foram feitas duas representações com solicitações dos moradores: uma à Anatel, para que a mesma verifique a possibilidade de implantar outras linhas de telefonia celular na localidade, além da Oi; e outra destinada ao Semae-OP para que o órgão melhore a qualidade e a quantidade de água fornecida à localidade.

A próxima edição da Câmara Itinerante acontece no dia 17 de outubro, próxima terça-feira, em Cachoeira do Campo, na Escola Municipal Bonequinha Preta. Na data, será realizada somente a reunião ordinária dos vereadores, às 16h, pois os serviços do Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC) e de seus parceiros já foram oferecidos à comunidade.