Você está em:

Câmara aprova projeto que cria Dia do Sineiro em Ouro Preto

E-mail Imprimir PDF

Com o objetivo de valorizar o trabalho exercido pelos sineiros de Ouro Preto, o vereador Geraldo Mendes (PCdoB), junto ao vereador Chiquinho de Assis (PV), apresentou o Projeto de Lei nº 50/17 que institui a data 13 de outubro como “Dia Municipal dos Sineiros”. Dessa forma, o projeto foi aprovado pelos parlamentares durante a reunião ordinária dessa terça-feira (10).

“O toque dos sinos foi registrado como um Patrimônio Imaterial pelo Iphan, e nada melhor do que ter um dia para esse ofício, que é voluntário e tradicional em nossa cidade. Com isso, fizemos um projeto de lei que cria o Dia Municipal do Sineiro, que será no dia 13 de outubro, mesma data do nascimento do sr. Amadeu Gomes, que foi um sineiro muito importante em Ouro Preto”, explica Geraldo Mendes. Ele complementa que como a votação do projeto acabou sendo muito próxima à data, “no ano de 2018, faremos uma grande semana para culminar o dia com uma grande festa para os sineiros da nossa cidade”.

De acordo com o documento, o ofício de sineiros foi registrado como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil. A estrutura, a composição e o saber tocar sinos estão na habilidade e na memória dos sineiros. “Eles são, portanto, os detentores e os responsáveis pela reiteração e transmissão da habilidade e do conhecimento requeridos por essa forma de expressão e do seu repertório, pois essa prática não se aprende na escola”.

O projeto foi votado em redação final e agora segue para ser sancionado pelo prefeito Júlio Pimenta (PMDB).