Você está em:

Vereadores se solidarizam com os moradores de Santa Rita de Ouro Preto

E-mail Imprimir PDF

A Câmara Municipal de Ouro Preto realizou, nessa terça-feira (27), a quinta reunião ordinária. Um dos temas discutidos foram as fortes chuvas que atingiram o distrito de Santa Rita de Ouro Preto no dia 21 de fevereiro que causou estragos na localidade. “A união faz a força. O povo de Santa Rita se juntou e deu prioridade às pessoas que foram mais afetadas pela tragédia”, afiançou o vereador Mercinho (PMDB), morador do distrito.



Além de Mercinho, os vereadores Thiago Mapa (PMN) e Zé do Binga (PPS) também acompanharam de perto a comunidade de Santa Rita, em especial as famílias atingidas a fim de darem apoio e buscarem soluções rápidas. “A Câmara foi muito bem representada pelos colegas vereadores, que são do distrito, Mercinho, Zé do Binga e Thiago Mapa, que deram assistência todo o tempo à população de Santa Rita, devido à tragédia ocorrida. Além disso, nós vereadores ficamos monitorando diante do fato e continuamos acompanhando o desenrolar do incidente, pois o distrito decretou estado de emergência pela defesa civil”, explicou o presidente da Casa, Wander Albuquerque (PDT).

A Câmara Municipal disponibilizou o Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC) como ponto de recolhimento de doações para o distrito. A comunidade ouro-pretana se mostrou solidária mais uma vez e já entregou diversas doações, que estão sendo encaminhadas a Santa Rita. Alguns itens prioritários são materiais de higiene e limpeza, roupas de cama e banho, roupas e alimentos não perecíveis. O CAC funciona de segunda a sexta, de 7h às 19h. Mais informações: (31)3552-8527.

Transporte público
Durante a reunião ordinária, foram apresentadas três representações, seis requerimentos e nove indicações. Entre elas, todos os vereadores assinaram a indicação nº36/2018, pedindo à Prefeitura para que sejam mantidos os atuais horários de ônibus das linhas Ouro Preto - Lavras Novas e Ouro Preto - Santo Antônio do Salto. Segundo Vander Leitoa (PV), “a nossa preocupação é com as comunidades, aquelas pessoas que utilizam sempre essas linhas para trabalhar, para virem à sede consultar, por exemplo. Por isso, é muito importante manter essas linhas funcionando”.

Sobre o tema, os vereadores levantaram a necessidade de que seja feita uma licitação do transporte coletivo no município. Os vereadores Juliano Ferreira (PMDB) e Geraldo Mendes (PCdoB), que são membros do Conselho Municipal de Transporte e Trânsito representando a Câmara Municipal, explicaram que esse processo é logo e deve ser amplamente discutido com a sociedade, a fim de que sejam ouvidos todos os envolvidos, especialmente os usuários do transporte público.

Na reunião, também foram aprovados, em primeira discussão, dois projetos de lei de autoria do prefeito Júlio Pimenta (PMDB). Um deles trata da alteração do perímetro urbano e zoneamento do município. O outro projeto de lei autoriza o Executivo a fazer contrato de concessão remunerada de uso de prédio público aos Correios.