Você está em:

Câmara realiza atividades na Apae de Ouro Preto

E-mail Imprimir PDF

A Câmara Municipal de Ouro Preto, por meio do Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC), participou, nessa segunda-feira (27), das comemorações da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, junto à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Ouro Preto. O objetivo da iniciativa foi promover debates e reflexões acerca da inclusão da pessoa com deficiência.

 

Foram realizados diversos serviços organizados pelo CAC, como confecção de carteira de identidade e CPF, exames optométricos, cortes de cabelo, orientação sobre a saúde bucal, verificação de tipagem sanguínea e aferição de pressão arterial. Também participaram a Associação Comunitária de Deficientes de Ouro Preto (Acodop), o Programa de Atenção ao Idoso (PAI), o Complexo Municipal da Juventude, Centro Desportivo (Cedufop) e o Centro Acadêmico do curso de Farmácia da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop).

“Estamos aqui com o centro acadêmico de farmácia participando deste evento fazendo aferição de pressão e verificação da tipagem sanguínea dos pacientes. É muito importante e gratificante, pois é um retorno que, nós da universidade, damos para a população de Ouro Preto”, certifica Talita Natália do Carmo, estudante do curso de farmácia da Ufop.

“Nós, por meio do Centro de Atendimento ao Cidadão, recebemos um pedido para parceria com a Apae na semana de comemoração da pessoa com deficiência e trouxemos as atividades que realizamos no CAC. São vários parceiros que, junto ao CAC, trouxeram atividades recreativas, por meio do curso de Educação Física e Artes Cênicas da Ufop, atendimento médico com a Escola de Farmácia da universidade, entre outros. O objetivo é colaborar com o processo de inclusão social desses alunos, que participam das atividades da Apae diariamente”, afirmou o coordenador do setor, Gabriel Neme.

Segundo a professora de informática da Apae, Simone Aparecida Araújo, “o tema norteador da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla deste ano é a família. A participação da Câmara foi muito interessante, pois possibilitou o apoio às famílias, que muitas precisam desses serviços e têm dificuldade de ter acesso”.

Isabella Fagundes, estudante de farmácia, explicou que “a nossa participação no projeto é trazendo um pouco de alegria para os alunos da Apae. Viemos vestidas de palhaço e trouxemos balões, brincadeiras, músicas, para tentar descontrair e alegrar o ambiente”. Já a aluna do curso de direito da Ufop, Isadora Tássia, afirmou que elas trouxeram “alegria para eles, mas o que recebemos em troca foi muito maior. É uma realização pessoal, não existe dinheiro no mundo que pague essa sensação de gratidão”.

Foram realizados 44 exames optométricos, 18 cortes de cabelo, 4 atendimentos no Programa de Atendimento ao Idoso (PAI), 4 atendimentos na Associação Comunitária de Deficientes de Ouro Preto (Acodop), a confecção de 2 CPFs e 13 carteiras de identidades, 84 aferições de pressão e 60 de glicemia, 38 atendimentos sobre a saúde bucal e escovação, 54 verificações de tipagem sanguínea. Além dessas atividades, houve, também, uma apresentação do aerodance e atividades físicas pelo Cedufop.