Você está em:

Câmara concede título de Cidadania Honorária “In Memoriam” a Bárbara Heliodora

E-mail Imprimir PDF

Na última sexta-feira (24), a Câmara de Vereadores de Ouro Preto concedeu o Título de Cidadania Honorária “In Memoriam” a Bárbara Heliodora Guilhermina da Silveira pela relevância para a memória da cidade e da Inconfidência Mineira. A homenagem, que tem o objetivo de prestigiar e reconhecer personalidades que realizam trabalhos importantes no município, foi concedida por meio da Resolução nº156/19, originária do projeto de autoria do vereador Chiquinho de Assis (PV) e do presidente da Casa, vereador Juliano Ferreira (MDB). A sessão solene foi realizada no Panteão do Museu da Inconfidência.

O historiador Marcelo Nascimento, do Instituto Semeadores de Arte, representou a memória da homenageada e destacou a importância de receber esse título. “Nós queremos resgatar essa figura histórica, trazer para atualidade e não deixá-la escondida no passado. Abrir as cortinas da história e trazer a Bárbara para o palco principal da Inconfidência Mineira porque ela foi uma das primeiras e poucas mulheres que participou efetivamente do movimento. Isso é muito forte. Sinto que foi uma missão cumprida. Um biógrafo que escreveu a biografia de sua musa inspiradora e, 200 anos depois do dia de sua morte, tem a honra de receber, em nome dela, um título de cidadã de uma cidade tão importante como Ouro Preto. É uma emoção sem igual. Acredito que isso foi único no mundo, posso entrar para história com muitos méritos”, disse.


Segundo o presidente da Câmara, vereador Juliano Ferreira (MDB), é preciso valorizar uma mulher que se predispõe a colocar a liberdade de uma nação à frente. “Acredito que é importante reavivar a nossa história e fazer que ela permaneça viva. E Ouro Preto, por si só, respira história. Bárbara Heliodora é importante porque fez parte de um processo em que se pensou na liberdade do Brasil das amarras de Portugal e, além de tudo, por ser uma mulher a frente do seu tempo. Na época em que viveu, a mulher era sempre deixada em segundo plano”, ressaltou.

Para o vereador Chiquinho de Assis, Bárbara é símbolo da Inconfidência, da luta pela liberdade, pela democracia e, sobretudo, pela valorização da mulher. “Quando criamos esse dispositivo no regimento da Câmara, muitas pessoas acharam que era em vão essa possibilidade de dar o título ‘In Memoriam’. A Bárbara Heliodora simboliza tudo o que se fala hoje, no que se refere a mulher nos tempos atuais, como a emancipação feminino e o empoderamento. Uma mulher que, aos 30 anos, viu sua vida dilacerada por uma delação premiada. Ou seja, um traidor do movimento da Inconfidência delata ao governador de Minas, que leva para a prisão dezenas de homens que lutavam por justiça tributária no país, coisas que a gente luta até hoje”, pontuou.

A diretora do Museu da Inconfidência, Margareth Monteiro; o prefeito de Ouro Preto, Júlio Pimenta; o bispo emérito da Diocese de Oliveira/MG, Dom Francisco Barroso Filho; o ex-ministro da cultura, duas vezes secretário de Estado da cultura e três vezes prefeito de Ouro Preto Ângelo Oswaldo também participaram da cerimônia.

Festival homenageia Bárbara Heliodora


Na quinta-feira (23), o plenário do legislativo sediou a entrega de diplomas de Honra ao Mérito a mulheres de Ouro Preto. A iniciativa fez parte do Festival Bárbara Heliodora, organizado pelo historiador Marcelo do Nascimento, e homenageou ouro-pretanas que se destacam em diversos segmentos. “Com suas particularidades, todas essas mulheres têm um pouco da aguerrida Bárbara Heliodora dentro de si. Por isso queremos fazer este reconhecimento através das várias e distintas lutadoras desta cidade”, disse o historiador Marcelo Nascimento.

Entre as homenageadas estava a vereadora Regina Braga (PSDB). Ela destacou a emoção em receber, no mesmo mês, a segunda homenagem. “Bárbara foi a única mulher a participar, de forma direta, do movimento político naquela época em que sequer as mulheres eram alfabetizadas. No momento, eu sou a única mulher eleita para o parlamento de Ouro Preto e me sinto honrada em receber tal reconhecimento com o nome desta grande personagem de nossa história”, destacou a parlamentar que também recebeu a Medalha Mulher Destaque 2019.