Você está em:

Secretária de Saúde de Ouro Preto fala sobre serviços do Icismep na Tribuna Livre

E-mail Imprimir PDF

Na última terça-feira (4), a secretária de Saúde de Ouro Preto, Eliane Cristina Damasceno Coleta, usou a Tribuna Livre durante a Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores. O objetivo foi apresentar o planejamento dos serviços do Instituto de Cooperação Intermunicipal do Médio Paraopeba (Icismep), em atendimento ao requerimento número 175/2019, assinado por diversos edis. Na ocasião, ela mostrou números relativos aos valores investidos, pagos e a pagar do Consórcio.

De acordo com a secretária, a participação na Tribuna foi de extrema importância, já que esclareceu para os vereadores e a população como é o funcionamento do Icismep. “Havia uma leitura errada em relação a prestação de serviços do Consórcio. Entendendo, talvez, que ele resolveria todos os problemas da saúde. Mas, nessa área, não existe, digamos, salvador da pátria. Existe sim um trabalho árduo, construído diariamente, em uma lógica  em que se investe em saúde, utilizando de forma adequada os recursos que são disponibilizados para a área”.


Ela ainda explicou que, além de Ouro Preto, outros 45 municípios são consorciados. “Em uma lógica em que se compra melhor os serviços e aumenta o acesso da população aos mesmos. Além disso, há mais qualidade por um preço menor. Também conseguimos melhorar a assistência e fazer as filas de pedidos médicos - paradas desde 2013 - caminharem”, destacou.

O vereador Vantuir (SD) avaliou a participação da secretária na Tribuna. “Fiz alguns questionamentos a respeito dos exames e as contratações dos que consideramos de alta complexidade, como ressonância e tomografia, que até hoje não foram resolvidos os problemas na fila de espera. A gente sabe que esse é um problema de longa data, mas o importante é resolver. Cobramos, pois as pessoas precisam muito e são exames caros. Com as cirurgias, a mesma coisa, principalmente as de catarata, cuja fila de espera é lenta e grande. Tomara que a parceria com a Santa Casa seja concretizada, pois é aqui perto e evita o desgaste com as viagens”, disse.

O projeto de lei para adesão do município ao consórcio de saúde Icismep foi aprovado no dia 27 de maio de 2018. Na página da Câmara no YouTube é possível conferir todos os números apresentados pela secretária.

Melhorias para os distritos

Ainda durante a reunião ordinária, o vereador Mercinho (MDB) protocolou uma representação solicitando que um consultor da OI Móvel S.A esclareça por que diversas localidades do distrito de Santa Rita estão sem sinal após a implantação da tecnologia 4G no distrito. “Fui procurado por alguns moradores que reclamaram o fato de o sinal de telefonia da Oi não chegar em algumas localidades no entorno do distrito. Com isso, uma pessoa mais experiente e entendiada do assunto me explicou que a empresa implantou o serviço de internet 4G na localidade e que ele não atendia as redondezas. Então fiz essa representação para que a Empresa Oi viabilize a expansão desse serviço e para que as pessoas voltem a ter o direito de se comunicar”, explica.

Já o vereador Wander Albuquerque (PDT) encaminhou uma indicação solicitando informações sobre a Prefeitura Itinerante nos distritos. “Fizemos a Indicação para que a Prefeitura Itinerante seja realizada também nos distritos, uma vez que, por várias vezes, estivemos com o Câmara Itinerante nesses locais e sempre observamos a necessidade de a Prefeitura estender este programa para essas localidades. Em que o prefeito, o vice e todos os secretários tenham a oportunidade de estar em contato direto com os moradores dos distritos e, assim, ouvir as reivindicações. Entendemos a situação financeira que o município vem enfrentando, mas a demanda nos distritos é grande”, destaca.