Você está em:

Na primeira Reunião de 2020, legislativo discute melhorias para a cidade

E-mail Imprimir PDF

Na última terça-feira (04), a Câmara Municipal de Ouro Preto realizou a primeira Reunião Ordinária de 2020. Durante o debate, diversos documentos que solicitam melhorias para a cidade foram aprovados, entre eles quatro indicações, duas representações e 09 requerimentos, de autoria de diversos edis.

O vereador Geraldo Mendes (PCdoB) protocolou a representação número 01/2020, solicitando que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) tome providências em relação ao trecho da BR 356, no KM 94, próximo à balança de pesagem de cargas da empresa Hindalco, em Saramenha. “Quase todos os meses temos acidentes nesse local. Já teve meses em que foram registrados dois ou três acidentes. A BR 356 é de responsabilidade do DNIT, que é um órgão federal, mas há uma superintendência aqui em Minas Gerais. Fiz essa representação para que eles tomem providência. Por sorte, ainda não entrou nenhum caminhão dentro do restaurante que existe no local. É uma pista muito perigosa. Em novembro do ano passado houve um acidente com morte e o DNIT não tomou nenhuma providência. Vamos esperar pela resposta”, pontuou.

Já a indicação do vereador Vantuir (SD) solicita que o poder público municipal faça intervenções na ponte de pedestres utilizada como meio de ligação entre a Rua João Bastos Filho à BR356, no distrito de Cachoeira do Campo. “Essa ponte é uma alternativa de acesso a vários bairros, como Aldebaran, Recanto dos Pássaros, Metalúrgico e outros locais como a empresa Rodol e o campo do Progresso. Muitas pessoas da região precisam dessa ponte. No ano passado já tinha feito um requerimento pedindo informações a respeito desse assunto porque ela já estava em risco e a Defesa Civil deu um parecer que ela precisava de reformas. Mas, devido as fortes chuvas, ela precisa ser demolida para que seja construída outra no local. Peço ao prefeito e ao secretário municipal que deem atenção especial e que façam algo o mais rápido possível porque está trazendo muito risco às pessoas que utilizam essa ponte. O custo dessa obra nem é tão alto relacionado a outas obras que precisamos. Esse é um pedido de todos os moradores da região”, destacou.

A íntegra da Reunião pode ser conferida no YouTube e no Facebook da Câmara.