Você está em:

Em Reuniões Ordinárias desta semana, legislativo ouro-pretano busca melhorias para a população

E-mail Imprimir PDF

Nas Reuniões Ordinárias desta semana, os vereadores de Ouro Preto discutiram diversas pautas distribuídas em requerimentos, representações e indicações. Entre elas, a indicação número 155/2020, de autoria do vereador Vander Leitoa (Solidariedade), debatida na 31ª Reunião Ordinária, realizada na última terça-feira (11).  No documento, Vander solicita recapeamento das ruas asfaltadas do bairro Piedade, já que há registros de acidentes com motociclistas e pedestres nessa via. “Estou pedindo para recapear já que lá o asfalto está muito ruim, com infiltração, buracos e já, inclusive, aconteceram acidentes. O lugar está muito ruim. Pedimos que o executivo dê atenção”, destacou durante a Reunião.

 

Já na 32ª Reunião Ordinária desta quinta-feira (13), o vereador Marquinho do Esporte (SD) apresentou o requerimento 182/2020 que será encaminhado à OuroTran e ao Conselho Municipal de Transportes, buscando informações sobre a possibilidade de extensão das linhas de ônibus diretas do Consórcio Rota Real, formado pelas empresas Turin e Transcotta, para a nova UPA saindo dos bairros Santa Cruz, Morro Santana, Morro São Sebastião, Piedade e Taquaral.

“A situação ficou complicada para os moradores desses bairros porque os que possuem o cartão do sistema de bilhetagem eletrônica poderão fazer uma integração de linhas para chegar à nova UPA, em Saramenha e, pela informação que temos, essa integração pode ser feita durante uma hora. Acontece que, só o trajeto do ônibus que sai do Santa Cruz até a rodoviária, dura em torno de 40 minutos, isso se não acontecer nenhuma intercorrência. O usuário, quando desce na Rodoviária, tem que torcer para que o próximo ônibus chegue em 20 minutos porque se ultrapassar uma  hora, ele terá que pagar uma nova passagem da Rodoviária até a nova UPA. Além disso, se a pessoa estiver debilitada, doente, o que geralmente acontece quando ela procura a UPA, ela vai ter que esperar muito até chegar lá”, explicou Marquinho.

O vereador ainda ressaltou a questão dos gastos para quem ainda utiliza o vale-transporte. “Muitos usuários ainda não estão usando o cartão e sim o vale-transporte e isso vai gerar gastos pra ela porque são quatro passagens ida e volta. Os passageiros estão sendo prejudicados. Esperamos que a OuroTran possa conscientizar a empresa para que coloque linhas diretas atendendo melhor a população”, finalizou.

Já o vereador Geraldo Mendes (PT) solicitou informações da Saneouro, por meio do requerimento 179/2020, referente aos reparos dos calçamentos onde a equipe de manutenção da empresa faz reparos em redes de água ou esgoto. “A equipe da Saneouro realiza intervenções em alguns locais no município, mas, após terminar o serviço, eles não refazem o asfalto e isso é ruim. Pode até provocar acidentes. Então, esse requerimento é para que a empresa cumpra o seu papel de refazer as vias onde realizam intervenções para consertar encanamentos, seja de água ou esgoto”, cobrou.