Atendimento do Samu no município é tema de reunião da Câmara de Ouro Preto

Atendimento do Samu no município é tema de reunião da Câmara de Ouro Preto

 

Câmara Municipal de Ouro Preto - Atendimento do Samu no município é tema de reunião da Câmara de Ouro PretoO superintendente da Rede de Saúde de Ouro Preto, Leandro Leonardo de Assis Moreira, falou sobre o trabalho do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no município, durante a reunião ordinária dessa terça-feira (25).


O convite do Legislativo para a apresentação foi motivado pelo requerimento 37/2017, de autoria da vereadora Regina Braga (PSDB), que queria saber mais detalhes sobre o funcionamento do órgão. Atualmente, Ouro Preto recebe atendimento de cobertura regional pelo Samu, com a base em Belo Horizonte.

Para a vereadora, “O Samu não vem prestando um bom serviço em Ouro Preto, dessa forma, convidei a nova Secretaria de Saúde para nos informar a sua atual situação. A base em Belo Horizonte é um dos maiores entraves, porque nem todos os funcionários conhecem Ouro Preto, e desconhecem principalmente os distritos. Com isso, são dois problemas que temos hoje: o Estado cumprir a parte dele, que é mandar o recurso mensalmente para ajudar a Prefeitura na manutenção do serviço, e tentarmos retomar com o atendimento do Samu com a base na nossa região”, defende Regina Braga.

Segundo Leandro, a maior dificuldade nos atendimentos está relacionada à instrução dos serviços, sendo que algumas demandas não são de responsabilidade do Samu. “Com relação à população, o que mais afetou no processo de regionalização foi a falta de orientação sobre como o novo serviço funcionaria. A regulação de Belo Horizonte segue uma lei que regulamenta o que é ou não necessário encaminhar para uma ambulância. Antes, quando o serviço era regulado em Ouro Preto e era de uso menor, esse tipo de demanda era liberada com mais facilidade. Então, casos que não eram urgentes também eram atendidos”.
Câmara Municipal de Ouro Preto - Atendimento do Samu no município é tema de reunião da Câmara de Ouro Preto

Ainda de acordo com o superintendente, é preciso que a população se conscientize e saiba diferenciar as demandas que são do Samu e as que competem ao Corpo de Bombeiros. Dessa forma, ambos os serviços poderão ser oferecidos com mais qualidade.

 

Anterior Câmara de Ouro Preto aprova projeto sobre cessão de espaço para instalação de fábrica em Cachoeira do Campo

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.