Câmara concede Moções de Aplauso a cidadãos que se destacam no município

Câmara concede Moções de Aplauso a cidadãos que se destacam no município

Câmara Municipal de Ouro Preto - Câmara concede Moções de Aplauso a cidadãos que se destacam no município

Foram entregues 19 Moções de Aplauso durante a 17ª Reunião Ordinária da Câmara

3-4-2012

Durante a Reunião da Câmara de Ouro Preto realizada na terça-feira (3), o Legislativo ouro-pretano concedeu 19 Moções de Aplauso em reconhecimento a cidadãos e entidades que contribuem para o desenvolvimento da cidade. Receberam a homenagem: a pedido da vereadora Crovymara Batalha (PMDB): Guia Cachoeira do Campo; e Efigênia dos Santos Gomes.  Por solicitação do vereador Flávio Andrade (PV): o diretor da E. M. de Lavras Novas, Girley Oliveira de Almeida; o diretor do Semae, Aldair da Silva; a Novelis, pelo programa “A Sociedade do Amanhã”; o alfaiate Gildésio Raimundo dos Santos; e Walter Fernandes da Silva, o “Walter das Latinhas”. A pedido do vereador Júlio Pimenta (PPS): Conselho Tutelar de Ouro Preto; E. M. de Educação Infantil Bernardina de Queiroz Carvalho; Escola de Samba Inconfidência Mineira (Esim); e a Bandalheira Folclórica de Ouro Preto. Por solicitação do vereador Luiz Gonzaga (PR): os estudantes Samuel Henrique Alexandre, Thaís de Paula Moreira e Sávio Cirilo Alexandre; a pedido do vereador Maurício Moreira – Paquinha (PR): E. M. Monsenhor João Castilho Barbosa; o carnavalesco Hebert da Consolação Alves; a historiadora Deolinda Alice dos Santos; Edison Wander Ribeiro, o “Dentinho da Rádio”; e o desportista Luiz Augusto, o “Lulu”.

Plenário

Na mesma reunião, a Câmara de Ouro Preto aprovou o Requerimento nº 31/2012, que solicita esclarecimentos da Prefeitura em relação à empresa Átima Conservação e Serviços Ltda, a qual presta serviços para a Secretaria Municipal de Saúde. Segundo o vereador Maurício Moreira – Paquinha (PR), autor do Requerimento, muitas pessoas tem lhe procurado e reclamado de falta de pagamento por parte da empresa. “Os funcionários contam com o pagamento do mês, têm seus gastos e suas famílias para cuidar. Queremos saber da Prefeitura quantos funcionários estão sem receber, porque o caso é sério”, afirmou o edil.

Já o vereador Léo Feijoada (PSDB) pediu vistas, por 72 horas, ao Substitutivo do Projeto de Lei Complementar nº 08/2012, que cria a Gratificação de Plantão (GP) e a Gratificação de Risco (GR) para os cargos de Guarda Municipal; Fiscal de Obras, Patrimônio e Postura; e Fiscal Sanitário e Ambiental, de autoria do Prefeito Municipal. O pedido de vistas inviabilizou a aprovação do Substitutivo, pois de acordo com a Lei Eleitoral, qualquer aumento salarial só pode ser concedido até 180 dias antes das Eleições deste ano.

 

Anterior Câmara Cine exibe filme na Igreja de Nossa Senhora de Lourdes

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.