Câmara de Ouro Preto discute Reforma Administrativa da Prefeitura

Câmara de Ouro Preto discute Reforma Administrativa da Prefeitura

 Na Reunião Ordinária desta terça-feira(24), continuaram as discussões em torno da Reforma Administrativa sugerida pela Prefeitura através do Projeto de Lei Complementar nº 01/09. O projeto está sendo avaliado pelos vereadores do legislativo e, desde que chegou a Câmara, recebeu dois substitutivos.

 O vereador Léo Feijoada(PSDB) afirma que a reforma não é prioridade para o município. “ Precisamos de uma estrutura básica na saúde, uma diretoria que trata de dependentes químicos, uma superintendência que se ocupe em captar recursos para Ouro Preto. Sou contra essa medida, e mais: a situação do município vai piorar se nós, vereadores, não impedirmos essa proposta descabida”.

A vereadora Regina Braga(PSBD) afirma que “é um absurdo o executivo propor uma reforma dessas. A receita está caindo muito e não podemos aumentar gastos e sim diminuí-los. Com esse dinheiro poderíamos melhorar a Secretaria de Educação, investir em projetos sociais e no desenvolvimento econômico do município, por exemplo”, finaliza.

Anterior Vereador Estudante faz 1ª Reunião Ordinária de 2009

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.