Câmara de Vereadores de Ouro Preto finaliza trabalhos de 2012 com balanço positivo

Câmara de Vereadores de Ouro Preto finaliza trabalhos de 2012 com balanço positivo

Sindieletro deseja a renovação das concessões de energia elétrica para que haja redução na conta de luz e a Cemig não seja privatizada

Sindieletro deseja a renovação das concessões de energia elétrica para que haja redução na conta de luz e a Cemig não seja privatizada

20-12-12

Durante a última Reunião do Legislativo Municipal, sindicalistas participaram da Tribuna Livre para falar sobre necessidade da renovação das concessões de energia elétrica

Na manhã do dia 20 de dezembro, os Vereadores da Câmara Municipal de Ouro Preto realizaram a última Reunião Ordinária de 2012. O Legislativo Ouro-pretano concluiu os trabalhos deste ano de forma positiva.

Ao longo de 2012, a Câmara de Ouro Preto realizou 81 Reuniões Ordinárias, nas quais debateu e aprovou 106 Projetos de Lei, de autoria dos Vereadores e do Poder Executivo. Além disso, foram realizadas 40 Reuniões das Comissões Permanentes de Vereadores.

O Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC) da Câmara de Ouro Preto confeccionou mais de 4.300 Carteiras de Identidade e emitiu cerca de 2.500 Atestados de Bons Antecedentes, por meio do Posto de Identificação e em parceria com a Polícia Civil. A Internet Popular recebeu mais de 6.700 usuários, os quais tiveram acesso gratuito à internet para fazerem trabalhos escolares e pesquisas em geral.

O Presidente da Câmara de Ouro Preto, Vereador Maurílio Zacarias (PMDB), reeleito para seu sétimo mandato, avalia positivamente a gestão da Mesa Diretora do Legislativo no biênio 2011-2012. “Criamos o Projeto Escola Cidadã, retornarmos com o Projeto Vereador Estudante, mantivemos o Parlamento Jovem de Ouro Preto e outros Projetos do CAC, ampliamos o horário da Internet Popular e, em 2011, comemoramos os 300 anos da Câmara. Nesses dois anos, discutimos assuntos de interesse da população no Plenário e em 29 Audiências Públicas, e debatemos e aprovamos proposições e projetos importantes para a comunidade”, destaca Maurílio.

Energia Elétrica

Também na Reunião Ordinária da Câmara de Ouro Preto realizada no dia 20 de dezembro, representantes do Sindicato dos Eletricitários de Minas Gerais (Sindieletro) – os coordenadores das Regionais Executivas de Belo Horizonte e Mantiqueira, Jefferson Silva e Gilmar de Souza – utilizaram a Tribuna Livre para debater as novas regras para o setor elétrico aprovadas pelo Congresso Nacional.

A Direção do Sindieletro concorda com a implementação da Medida Provisória 579, de 11 de setembro de 2012, que dispõe sobre as concessões de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica e sobre a redução dos encargos setoriais, implementada pelo Governo Federal. “É uma luta histórica também do Sindicato pra reduzir a tarifa de energia elétrica. Porém, cobramos do Governo Federal que a implementação dessa Medida não traga prejuízos para os trabalhadores, haja vista que já tem sido publicado pela Direção da Empresa, que haverá demissões na Cemig no ano que vem. E também cobramos o Governo de Estado que não renovou as 21 usinas que estavam dentro do Programa de Implementação da Medida Provisória. Cobramos que se renovem as concessões também para se evitar o risco da privatização”, informa Jefferson Silva. Segundo o sindicalista, há possibilidades ainda de mudanças no quadro atual. “Acreditamos que a Direção da Empresa e o Governo do Estado mudando a sua postura e mostrando interesse em renovar, haverá abertura pela Presidenta Dilma em voltar atrás e renovar as concessões. Por isso, estamos cobrando e trazendo à Câmara de Vereadores de Ouro Preto essa questão, que vamos levar a outros municípios, para que a sociedade também faça parte do debate”, enfatiza.

Anterior Vereadores da Bahia visitam a Câmara para conhecer Projetos do CAC

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.