Câmara debate problemas com a saúde no município, manutenção de estradas e excessos de Repúblicas estudantis

Câmara debate problemas com a saúde no município, manutenção de estradas e excessos de Repúblicas estudantis

Câmara Municipal de Ouro Preto - Câmara debate problemas com a saúde no município, manutenção de estradas e excessos de Repúblicas estudantis

Durante a reunião da última quinta-feira, 31, várias proposições foram aprovadas pelos vereadores em prol do município

31-5-12

Durante a Reunião Ordinária da Câmara de Ouro Preto, realizada na manhã de ontem (31), os vereadores debateram problemas com a Saúde no município, a manutenção de estradas e excessos praticados por algumas Repúblicas estudantis da cidade.

Em prol da melhoria da saúde pública, foram aprovados três Requerimentos de autoria da vereadora Regina Braga (PSDB). O Requerimento n° 58/2012 solicita informações da Prefeitura sobre o motivo da redução de 10 para 4 consultas semanais a serem realizadas no Posto Médico de Miguel Burnier. Está sendo questionado, ainda, por que o atendimento odontológico passou a ser quinzenal no distrito.

O Requerimento n° 59/2012 pede informações ao Executivo sobre a falta de substituto do médico do PSF de Amarantina, o qual se encontra em período de férias. De acordo com o documento, as famílias do distrito estão desassistidas há mais de 15 dias. Já o Requerimento n° 64/2012 questiona da Prefeitura por que o Posto de Saúde da Serra do Mesquita ainda não foi construído, uma vez que a obra foi escolhida pela comunidade no Orçamento Participativo de 2006.

Em atenção às demandas das estradas da nossa região, foi aprovado o Requerimento n° 63/2012, solicitando informações da Prefeitura sobre a data prevista para o início das obras de manutenção das estradas de terra que são utilizadas como rotas escolares em Engenheiro Corrêa. Segundo a Proposição, o trecho não recebe os devidos reparos há mais de seis anos – situação observada em outras estradas de terra do município. Foi aprovado, ainda, o Requerimento n° 65/2012, que pede informações ao Executivo sobre o valor gasto com os serviços de manutenção das estradas de terra de Ouro Preto no período de 2008 a 2011. As duas proposições aprovadas são de autoria da vereadora Regina Braga (PSDB).

Durante a mesma Reunião, a Câmara tornou público Ofício enviado pelo Diretor Geral do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER), José Élcio Monteze, em resposta à Representação n° 5/2012, de autoria do vereador Silmério Oliveira (DEM). Segundo o documento, o DER está providenciando a elaboração de Projeto para a implantação de um trevo de acesso, com redutor de velocidade, no quilômetro 131 da Rodovia MG-129, em uma das entradas de Antônio Pereira. Ainda segundo o Ofício, a instalação de “quebra-molas” no local está prevista para este mês de junho.

Excessos em Repúblicas – Ainda na Reunião Ordinária de quinta-feira (31), a Câmara aprovou, dois Requerimentos de autoria do vereador Flávio Andrade (PV) que tratam dos excessos praticados por algumas Repúblicas estudantis da cidade, o que vem gerando transtornos no município. O Requerimento n° 61/2012 solicita a relação das Repúblicas multadas pela Prefeitura durante os últimos dois anos, com os respectivos valores e estágios dos processos. Já o Requerimento n° 62/2012 pede à Prefeitura a cópia da documentação apresentada por Repúblicas estudantis, quando solicitaram o Alvará para a realização dos eventos “9ª Festa do Bafômetro” e “Rave da Greve”, no último mês de maio, na Bauxita.

Anterior Internet Popular da Câmara de Ouro Preto está mais veloz e com mais computadores

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.