Câmara forma Comissão Especial para acompanhar licitações da KTM

Câmara forma Comissão Especial para acompanhar licitações da KTM

O vereador Léo Feijoada afirma que pedirá a instauração de uma CPI para apurar a denúncia

O vereador Léo Feijoada afirma que pedirá a instauração de uma CPI para apurar a denúncia

Durante a reunião ordinária da Câmara de Ouro Preto, realizada na última quinta-feira (02), o ex-vereador Wanderley Kuruzu, participou da Tribuna Livre e fez denúncia relativa aos processos de licitação da empresa KTM, prestadora de serviço no município.

Segundo Kuruzu, a empresa ainda não assinou contrato com a Prefeitura de Ouro Preto, após ter vencido o processo licitatório para obra de infraestrutura e construção de 155 casas do conjunto habitacional previsto para o distrito de Cachoeira do Campo. “Soubemos que a empresa KTM está se recusando a assinar o contrato e, ao mesmo tempo, está disputando novamente a licitação da limpeza urbana aqui em Ouro Preto”, relatou Kuruzu. “Levantamos a suspeita de que a empresa esteja condicionando uma coisa à outra”, detalha o ex-vereador pontuando que o caso está sob acompanhamento do Ministério Público.

 

O vereador Léo Feijoada (PSDB) pediu providências da Câmara, em relação à denúncia. “A gente sugeriu ao presidente para nomear uma comissão e, provavelmente, eu devo sugerir a essa Casa que monte uma CPI, para que a gente possa apurar isso melhor do que se apurou da primeira vez. Nossas ruas estão muito sujas, a qualidade de prestação de serviços é muito ruim. A KTM paga seus funcionários muito mal e não tem os equipamentos direito de segurança. E durante quatro anos, gastaram quase 6 milhões por ano”, ressaltou o vereador.

O Presidente da Câmara de Ouro Preto, Maurílio Zacarias (PMDB), nomeou uma Comissão Especial, composta pelos vereadores Luiz Gonzaga (PR), Regina Braga (PSDB) e Crovymara Batalha (PMDB), para averiguar as denúncias.

 

Anterior Escolas ouro-pretanas elegem Vereadores Estudantes

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.