Comandante da Guarda Municipal e presidente do Sindsfop participam de reunião da Câmara

Comandante da Guarda Municipal e presidente do Sindsfop participam de reunião da Câmara

Rossi na Tribuna

Atendendo a requerimento da vice-presidente da Câmara, vereadora Maria José Leandro (PDT), o comandante da Guarda Municipal de Ouro Preto, Haroldo Rossi, participou da oitava reunião ordinária do legislativo, realizada na última terça-feira, dia 04. O capitão Rossi falou sobre as atividades da Guarda e sobre a possibilidade de retorno do estacionamento rotativo em Ouro Preto. “O departamento de Trânsito está fazendo um estudo mais aprofundado sobre a questão, mas o rotativo irá funcionar sim. Não sei se na rua São José, mas, com certeza, nos locais onde não haja quaisquer problemas com o trânsito.”

O capitão Rossi afirmou, ainda, que as mudanças no trânsito do centro histórico não são definitivas e que as pessoas interessadas em fazer sugestões relacionadas às mesmas, podem ligar para o Departamento de Trânsito da Prefeitura e conversar com Vitor ou Carlos, no telefone 3559-3238. Rossi falou também sobre o trabalho preventivo que dois guardas municipais estão realizando no distrito de Cachoeira do Campo e explicou como será o trabalho da Guarda Municipal durante a Semana Santa.

Gratificações para a Educação

Outra participação na “Tribuna Livre” da reunião da Câmara da última terça-feira, foi a de representantes do Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos Municipais de Ouro Preto (Sindsfop). A presidente do Sindicato, Maria Aparecida Peixoto, explicou que a sua presença na reunião foi para apresentar o parecer do sindicato sobre o projeto de Lei Complementar 01/2008, de autoria do Prefeito. Este projeto acrescenta o artigo 35a à Lei Complementar Municipal 21/2006, que dispõe sobre o Plano de Cargos e Vencimentos da Prefeitura. O artigo propõe a gratificação no valor de R$300,00 para professores P1, P2 e R1 do ensino municipal. “O parecer do Sindicato é contrário ao projeto, pois o mesmo apresenta algumas irregularidades. Nós já temos uma comissão permanente de avaliação do Plano de Cargos e Salários para fazer as revisões e consertar as irregularidades e esse projeto altera o artigo 35, incluindo uma gratificação maior do que a que já existe no Plano e isso fere a isonomia e não discrimina quais funcionários serão beneficiados”, declarou Maria Aparecida.

A pedido do vereador Flávio Andrade (PV), o presidente da Câmara Maurílio Zacarias (PMDB) suspendeu a tramitação do projeto para que a comissão composta por representantes do executivo, do legislativo e do Sindsfop analise melhor o projeto. “Primeiro, precisamos saber qual é a necessidade que a Prefeitura tem na elaboração deste projeto. Segundo, qual é a visão Sindicato. Deste modo, a Câmara buscará a intermediação e um consenso a respeito do mesmo”, afirmou Flávio.

 

Foto: O comandante da Guarda Municipal de Ouro Preto, Capitão Haroldo Rossi, participa da Tribuna Livre.

Anterior Projeto “Vereador Estudante” realiza sua primeira reunião ordinária nesta quarta

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.