Comissão Especial da Câmara apura falta de plantonistas no atendimento hospitalar em Ouro Preto

Comissão Especial da Câmara apura falta de plantonistas no atendimento hospitalar em Ouro Preto

 

Câmara Municipal de Ouro Preto - Comissão Especial da Câmara apura falta de plantonistas no atendimento hospitalar em Ouro Preto

Vereadora Solange Estevam reivindica regularidade de médicos plantonistas na Santa CasaVereadora Solange Estevam reivindica regularidade de médicos plantonistas na Santa Casa

19.03.2013

Durante a Reunião do dia 19 de março, terça-feira, o Presidente da Câmara de Ouro Preto, Léo Feijoada (PSDB), nomeou uma Comissão Especial composta pelos vereadores Thiago Mapa (PP), Dentinho da Rádio (PT), Solange Estevam (PPS) e Zé do Binga (PPS) para averiguar a situação do atendimento médico hospitalar no município.

 

“Estão faltando alguns plantões na Santa Casa e não é aceitável que continue assim. No caso da obstetria, por exemplo, não podemos deixar que as crianças que podem ser ouro-pretanas nascer em outra cidade. O hospital precisa regularizar esses plantões”, afirma o Presidente Léo Feijoada. “Há também muita reclamação devido à morosidade de algumas pequenas cirurgias, então nomeei essa Comissão para que ela possa apurar e ver de onde que está faltando esse empenho”, pontua Léo.

De acordo com a vereadora Solange, a carência médica precisa de uma breve solução. “Fui procurada por uma paciente que está com seu prontuário liberado pela Secretaria Municipal de Saúde para realizar uma cirurgia na Santa Casa de Ouro Preto e o médico não pode marcá-la pelo fato de não estar sendo pago para isso”, pontua a parlamentar. “Há dificuldade em encontrar plantonista e obstetra na Santa Casa. Então, são situações que realmente precisam ser esclarecidas, uma vez que nós precisamos desses médicos”.

Durante a Reunião, a Câmara aprovou a Representação nº 55/2013, de autoria do vereador Thiago Mapa, solicitando informações ao Hospital Santa Casa da Misericórdia de Ouro Preto sobre a disponibilidade de especialidades médicas e horários de atendimentos.

Na quinta-feira, dia 21 de março, a Comissão Especial de vereadores visitou a instituição. “Fomos muito bem recebidos pelo provedor Marcelo, pela administradora Glauciane, pela Alda, o Emílio Tomás, o Eurides e vários outros membros da Santa Casa que nos colocaram vários documentos à disposição para apreciação da Câmara”, afirma o vereador Thiago Mapa. “Ficou bem colocado que hoje o Município repassa 100% dos seus recursos prometidos àquela entidade e, segundo o provedor, o grande problema do hospital é que há médicos com até dois meses de atraso de salário que dependem do recurso estadual e outros recursos que não estão sendo repassado por falta de documento”, conclui o vereador.

De acordo com a Comissão Especial, o provedor da Santa Casa alega que a Prefeitura paralisou os documentos necessários desde o final de 2012.

Anterior Câmara aprova Projeto sobre alteração do horário de funcionamento bancário em Ouro Preto

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.