Concurso de Poesias do Vereador Estudante tem 568 inscritos

Concurso de Poesias do Vereador Estudante tem 568 inscritos

Concurso de Poesias do Vereador Estudante tem 568 inscritos

Câmara Municipal de Ouro Preto - Concurso de Poesias do Vereador Estudante tem 568 inscritos

568 alunos das escolas de ensino fundamental de Ouro Preto se inscreveram no Concurso de Poesias do projeto Vereador Estudante. É o maior número de inscritos até hoje em uma única atividade do projeto, promovido desde 2005 pela Câmara Municipal com o objetivo de aproximar os jovens da vida pública do município. Com o tema “Personalidade Ouropretana”, o concurso premiará os três melhores poemas sobre pessoas que marcaram ou marcam a trajetória de Ouro Preto. A quantidade de estudantes inscritos fez com que a data da divulgação dos vencedores fosse prorrogada pela coordenação do projeto do dia 16 para o dia 25 de junho. Os poemas serão julgados por uma comissão composta por representantes da Câmara Municipal, da Secretaria de Educação, Superintendência Regional de Ensino e da Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal de Ouro Preto.

De acordo com a professora de História Rosângela das Dores Pimenta, da Escola Municipal Monsenhor João Castilho Barbosa, o Concurso de Poesias do Vereador Estudante motivou os alunos a entrar em contato com um lado de Ouro Preto que nem sempre é divulgado. A escola promoveu encontros e palestras para que os alunos se familiarizassem com o tema do concurso “ Foram duas semanas de encontros com pessoas que conviveram com as grandes personalidades que contribuíram para a História de Ouro Preto. O projeto foi envolvente e participativo. Vivemos momentos de intensa troca de conhecimentos em nossa escola”, declarou.

Para Danieli dos Santos Barbosa, da 8ª série A da Escola Monsenhor João Castilho Barbosa o concurso trouxe revelações sobre personagens bem conhecidos dos mais velhos, mas que muitas vezes não chegam ao conhecimento dos adolescentes de hoje. “Não conhecíamos personalidades importantes da nossa terra, como Sinhá Olímpia, o restaurador Jair Inácio. Nas palestras pudemos conhecer mais nossa cultura”, afirmou. Bruno Mapa, aluno da 6ª série da mesma escola, gostou da conversa com a professora aposentada Nirce dos Anjos. “Ela disse coisas engraçadas e importantes. As palestras me ajudaram a fazer o poema e me incentivaram a ser alguém agora e no futuro”, disse.

Na Escola Municipal Padre Carmélio, personalidades como o estadista Bernardo Pereira de Vasconcellos, o pintor Honório Esteves, a poetisa Beatriz Brandão e o escultor “Seu Juca” da Cantaria foram objeto de pesquisas dos alunos.

Publicado por: Assessoria de Comunicação em 04/06/2007

Anterior Audiência da Câmara discutirá impasse no trânsito pesado em Saramenha de Cima

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.