Em sessão solene, Câmara comemora 150 anos Banda Euterpe Cachoeirense

Em sessão solene, Câmara comemora 150 anos Banda Euterpe Cachoeirense

Em sessão solene, Câmara comemora 150 anos Banda Euterpe Cachoeirense

Câmara Municipal de Ouro Preto - Em sessão solene, Câmara comemora 150 anos Banda Euterpe Cachoeirense

Em sessão solene, Câmara comemora 150 anos Banda Euterpe Cachoeirense

Em uma sessão solene realizada no último sábado, 7, a Câmara Municipal de Ouro Preto homenageou a Banda Euterpe Cachoeirense que, em 2006, completa 150 anos de existência. “Prestamos esta singela homenagem à Euterpe Cachoeirense pelo seu belíssimo e fundamental trabalho pela preservação da cultura da nossa região”, justificou o presidente do Legislativo ouropretano, Wanderley Rossi Kuruzu (PT). A solenidade contou com a presença dos 40 músicos que integram a Euterpe atualmente, do presidente da Associação de Bandas do Município de Ouro Preto, Nilton Batista e dos vereadores Maria Regina Braga, Flávio Andrade (PV) e José Maria Germano (PMDB)

Criada em 25 de outubro de 1856 no distrito de Cachoeira do Campo pelo Capitão Rodrigo José de Figueiredo Murta, a “Banda de Cima”, como também é conhecida a Euterpe Cachoeirense, é a mais antiga sociedade musical de Ouro Preto ainda em atividade. “Meu bisavô era um homem de muita fibra. Teve a força, a coragem e o ideal de fundar esta banda. Da altura dos meus 97 anos agradeço esta homenagem”, declarou Maria das Mercês de Brito Xavier, bisneta do fundador da Euterpe homenageada especialmente durante a sessão solene.

Em sua fala na cerimônia, o presidente da Euterpe Cachoeirense, Jorge Murta ressaltou a importância das bandas para Cachoeira do Campo e para Minas Gerais. “O trabalho das bandas de música é muito maior do que as pessoas imaginam. Quem ensina música ao povo de Minas Gerais são as bandas”, disse. “A fundação da Euterpe Cachoeirense é tão importante na História de Cachoeira do Campo quanto a prisão de Felipe dos Santos ou a Guerra dos Emboabas, e o mérito pela homenagem que recebemos hoje é dos músicos que formam e que formaram a banda”, concluiu Murta

Para a vereadora Regina Braga, a presença de dezenas de jovens na formação atual da Euterpe Cachoeirense valoriza ainda mais as comemorações do sesquicentenário da banda. “Cento e cinquenta anos, não são cento e cinquenta dias. Não poderíamos deixar de prestar esta homenagem às pessoas que começaram a banda e àqueles que continuam regando esta semente plantada com tanto amor pelo capitão Rodrigo” , declarou.

Foto:(da esq.para dir.) A vereadora Maria Regina Braga, Maria das Mercês de Brito Xavier, bisneta do fundador da Euterpe Cachoeirense, o presidente da Câmara, Wanderley Rossi Kuruzu, o vereador José Maria Germano, o presidente da Euterpe, Jorge Murta e o vereador Flávio Andrade

Publicado por: Assessoria de Comunicação em 10/10/2006

Anterior Audiência discutiu a realização de eventos na Praça Tiradentes

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.