Outubro Rosa: Câmara Municipal de Ouro Preto promove ações de conscientização e combate ao câncer de mama

Outubro Rosa: Câmara Municipal de Ouro Preto promove ações de conscientização e combate ao câncer de mama

Câmara Municipal de Ouro Preto - Outubro Rosa: Câmara Municipal de Ouro Preto promove ações de conscientização e combate ao câncer de mamaComo forma de fomentar a prevenção e o combate ao câncer de mama, a Câmara Municipal de Ouro Preto promoveu, seguindo a campanha do Outubro Rosa, diversas ações para auxiliar os servidores, bem como a população, a identificar e combater a doença.

Nesse sentido, foi realizada nesta terça-feira (26), uma palestra com a enfermeira Michelle Mendes, especialista em saúde da família e mestranda em saúde e nutrição, onde foi distribuído um material educativo contendo informações sobre o câncer de mama, além de uma demonstração de como realizar o autoexame.

Também como forma de conscientização para os riscos e prevenção à doença, a fachada da Casa Legislativa está sendo iluminada todos os dias do mês, ao anoitecer, com a cor rosa.

O câncer de mama

Também conhecido como neoplasia, o câncer de mama é caracterizado pelo crescimento de células cancerígenas na mama. Apesar dos dados alarmantes, sua ocorrência é relativamente rara antes dos 35 anos e nem todo tumor é maligno – a maioria dos nódulos detectados na mama é benigna. Além disso, quando diagnosticado e tratado na fase inicial da doença, as chances de cura do câncer de mama chegam a até 95%.

O câncer de mama não tem somente uma causa, porém, a idade é um dos mais importantes fatores de risco para a doença (cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos). Fatores ambientais e comportamentais, como obesidade e sobrepeso; fatores da história reprodutiva e hormonal, como ter a primeira gravidez depois dos 30 anos e fatores genéticos e hereditários, como histórico de câncer na família, também aumentam o risco da doença.

O sintoma mais comum do câncer de mama é o aparecimento de um nódulo, ou massa, sólido, indolor e com bordas irregulares. Tal sintoma muito provavelmente indica um tumor maligno, mas os cânceres de mama podem ser sensíveis ao toque, macios ou redondos. Outros sintomas como inchaço de toda ou parte de uma mama (mesmo que não se sinta um nódulo), irritação ou abaulamento de uma parte da mama, dor na mama ou mamilo e inchaço na pele também podem aparecer.

Um nódulo ou outro sintoma suspeito nas mamas deve ser investigado para confirmar se é ou não câncer de mama. Para a investigação, além do exame clínico das mamas, exames de imagem podem ser recomendados, como mamografia, ultrassonografia ou ressonância magnética. A confirmação diagnóstica só é feita, porém, por meio da biópsia, técnica que consiste na retirada de um fragmento do nódulo ou da lesão suspeita por meio de punções (extração por agulha) ou de uma pequena cirurgia.

O tratamento varia de acordo com o estadiamento da doença, as características biológicas do tumor e as condições da paciente. Quando a doença é diagnosticada no início, o tratamento tem maior potencial curativo. No caso da doença já possuir metástases (quando o câncer se espalhou para outros órgãos), o tratamento busca prolongar a sobrevida e melhorar a qualidade de vida.

Anterior CONVITE- 34ª Audiência Pública

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.