Parlamento Jovem discute propostas de prevenção às drogas em Plenária Final na ALMG

Parlamento Jovem discute propostas de prevenção às drogas em Plenária Final na ALMG

Plenária Final do Parlamento Jovem 2011

Plenária Final do Parlamento Jovem 2011 em Belo Horizonte

Representantes do Parlamento Jovem de Ouro Preto na ALMG

Representantes do Parlamento Jovem de Ouro Preto na ALMG

19-08-11

Os integrantes do Parlamento Jovem de Ouro Preto participaram, na última sexta-feira (19), da Plenária Final na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em Belo Horizonte. Durante a Sessão, os representantes da nossa cidade se encontraram com estudantes de mais 15 municípios, que constituem o Parlamento Jovem Minas, quando debateram e consolidaram o Documento Final de 2011, composto com nove propostas de políticas públicas sobre o tema deste ano: “Drogas: Como Prevenir?”.

Ao todo, foram discutidas 88 propostas sobre o papel da família, da escola e da sociedade no cenário da dependência química. “O Parlamento Jovem nos proporcionou uma grande experiência”, pontuou a integrante do Projeto em Ouro Preto, pelo segundo ano consecutivo, Gabriela Andreza de Paula. “Durante o primeiro semestre, pudemos nos reunir com jovens da nossa cidade para trazer propostas à Plenária Final e debater ideias comuns a vários municípios”, concluiu. O Documento Final de 2011 será encaminhado à Comissão de Participação Popular da Assembleia Legislativa de Minas Gerais para análise.

Para a coordenadora do Parlamento Jovem de Ouro Preto, Mariana Andrade, os participantes do Projeto demonstraram maturidade ao representar o Município na Assembleia do Estado. “Nessa segunda edição em que Ouro Preto participa do Parlamento Jovem de Minas, os estudantes da nossa cidade puderam exercer a atividade política, conhecer o papel do jovem, nesse contexto, e elaborar sugestões para tentar mudar a nossa realidade, que está tão crítica em relação à questão das drogas”, avaliou Mariana.

O Parlamento Jovem é um programa de formação política e cidadã da Câmara de Ouro Preto, em parceria com o Núcleo de Direitos Humanos da Ufop e com a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Neste ano, o Projeto envolveu 20 alunos do Ensino Médio das Escolas Estaduais de Antônio Pereira e de Santa Rita e a E. E. Dom Pedro II.

 

 

Anterior Escola Monsenhor João Castilho Barbosa recebe projeto Escola Cidadã nesta segunda, 22 de agosto

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.