Presidenta Municipal da UBM apresenta balanço das atividades da entidade na Câmara

Presidenta Municipal da UBM apresenta balanço das atividades da entidade na Câmara

Câmara Municipal de Ouro Preto - Presidenta Municipal da UBM apresenta balanço das atividades da entidade na CâmaraA 72ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores de Ouro Preto realizada nessa quinta-feira (21) contou com a participação de Débora da Costa Queiroz, presidente da União Brasileira de Mulheres (UBM) em Ouro Preto. Ela fez uso da Tribuna Livre para apresentar um balanço das atividades da entidade que atua na promoção e defesa dos direitos das mulheres e que celebrou 31 anos em agosto deste ano.

Débora explicou que a UBM atua há três anos em Ouro Preto e já realizou diversas ações. “Já fizemos debates institucionais importantes. Avançamos na questão da violência contra mulheres na Ufop; conseguimos estar representadas no conselho municipal, na luta por diversas pautas dentro do conselho. Além disso, conseguimos formar a rede municipal de enfrentamento à violência. São diversas pautas importantes e significativas e há muito que avançar. Estamos organizando nossas finanças e contando com apoiadores para viabilizar uma sede para 2020, para que as mulheres possam saber onde nos procurar, já que hoje o nosso endereço é virtual, por meio de uma página no Instagram e no Facebook”, disse, ressaltando a sua participação na Tribuna Livre. “Foi positiva, com boas contribuições. A Câmara é um ambiente democrático, dos diversos campos ideológicos e podemos perceber o respeito a representatividade institucional da UBM. A gente acredita que é assim que se constrói um ambiente republicano”.

Para a vereadora Regina Braga (PSDB), única mulher que atua como vereadora no município, todo trabalho feito pela UBM é de fundamental importância no município. “Achei muito interessante a vinda da Débora aqui. Primeiro para apresentar todo um trabalho que ela vem desenvolvendo, sobretudo nas periferias com mulheres negras, mulheres pobres, mulheres que precisam de apoio, de orientação nas mais diversas áreas. Minha fala foi no sentido de mostrar que nós mulheres não somos do sexo frágil, somos fortes e poderosas. Não é fácil cuidar dos filhos, de casa, sair para trabalhar, muitas vezes mais do que os homens e ainda ganhar menos. Além disso, há mulheres sendo violentadas todos os dias, assassinadas. E tem ainda o preconceito que ainda sofremos. Falei muito da gente acreditar na nossa força, no nosso poder porque somos poderosas mesmo. Nós podemos”, destacou.

Ainda durante a Reunião, o vereador Zé do Binga (PPS) protocolou um requerimento para ser enviado à Secretaria de Estado de Meio Ambiente. O objetivo é saber mais informações sobre a Barragem de Santa Rita de Ouro Preto. “O requerimento é sobre a fomentação do turismo aquático, criação de gaiolas, fomentando o turismo no nosso município e, principalmente, no distrito de Santa Rita. Foi feito um documento na época da Alcan com a Prefeitura de Ouro Preto, uma concessão de 50 anos. Essa concessão já se passou. Hoje não é a Alcan, é a Maynart Energia que usa a barragem para fins comerciais. Hoje uma grande fonte de economia do nosso distrito pode ser essa barragem. Vários sitiantes ao redor querem trazer atividades nesse sentido. Gostaria que respeitassem a população, respeitassem um bem comum que é da nossa região.”, explicou.

Durante a Reunião, foram aprovadas quatro indicações, três representações e sete requerimentos. Além disso, um projeto de resolução foi distribuído às comissões.

 

Anterior Vereadores de Ouro Preto debatem segurança pública no município

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.