Representante da Fundação Renova participa de Reunião da Câmara de Ouro Preto

Representante da Fundação Renova participa de Reunião da Câmara de Ouro Preto

Câmara Municipal de Ouro Preto - Representante da Fundação Renova participa de Reunião da Câmara de Ouro PretoO especialista em relações institucionais da Fundação Renova, Bruno Marques, participou da 43ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores de Ouro Preto, realizada na última terça-feira (6). Ele fez uso da Tribuna Livre, atendendo a uma representação do vereador Chiquinho de Assis (PV), para informar o porquê os programas socioeconômicos previstos no Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC) não contemplam Ouro Preto.

Desde 2017, os edis têm se empenhado para que a cidade seja incluída nesse documento, que define o escopo de atuação da Fundação Renova. O TTAC é formado por 42 programas e projetos que estão sendo implementados na área impactada pelo rompimento da Barragem de Fundão, em novembro de 2015, e não contempla Ouro Preto. Durante a participação na Tribuna, Bruno destacou que existe um pleito justo e legítimo em relação aos impactos negativos no município, porém a Fundação Renova não tem autonomia para fazer alterações no TTAC. “Porém, tivemos diversos embates sadios e construtivos com a comunidade de Antônio Pereira, que é um distrito de Ouro Preto bastante impactado por esse rompimento. A Câmara e a Prefeitura alertaram para que estivéssemos mais próximos ao local e a Fundação se organizou e, atendendo a esses pedidos, fará investimentos nesse distrito”, explicou.

Bruno ainda destacou que serão feitos investimentos de desapropriação de um imóvel onde irá funcionar uma creche. Além disso, ele afirmou que um dos pleitos mais importantes e justos será a consideração de Antônio Pereira como mão de obra local, ou seja, terá prioridade na contratação da Fundação, juntamente com a população de Mariana e, ainda, de acordo com o representante da Fundação, será feito o asfaltamento de 3km na Vila Antônio Pereira e a construção de um galpão para abrigar a Associação de Moradores do distrito.

Para o vereador Vander Leitoa (PV) esse foi “o primeiro passo dado nessa conquista de Ouro Preto, mas ainda tem muita luta e muita coisa por vir porque Ouro Preto tem que ser reconhecida num todo. Estou muito feliz por Antônio Pereira ter sido incluída nos Programas da Fundação. Isso representa uma vitória muito grande para o distrito”.

O vereador Vantuir (SD) também avaliou a participação de Bruno na Tribuna Livre. “Foi muito importante a Fundação Renova ter participado da nossa reunião, mas pouco foi esclarecido porque os questionamentos que fizemos em 2017, quando a Renova esteve na Casa, pouco foi resolvido até hoje. Vamos esperar porque dentro de 30 dias virão algumas respostas pra gente e algumas reuniões pra gente poder cobrar essa inclusão de Ouro Preto. E a mais fundamental, que a gente pensa rapidamente, é a questão dos empregos para os ouro-pretanos, já que hoje a Fundação Renova só emprega pessoas de Mariana. O índice de desemprego no nosso município é tão grande e a Renova não emprega ninguém daqui”, destacou.

Os parlamentares ouro-pretanos continuarão acompanhando a situação e lutando para que Ouro Preto seja incluído como beneficiário das ações e dos projetos da Fundação Renova.

O TTAC foi firmado em março de 2016 por dezenas de entidades, entre órgãos da Federação, como IBAMA, ICMBio, ANA, órgãos estaduais e municipais, as empresas Samarco, Vale e BHP, e representantes do comitê de bacias.

 

Anterior Vem aí o Festival de Turismo de Ouro Preto

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.