Saúde: Vereadores solicitam veículo adaptado e melhoria no atendimento às gestantes

76ª RO

Saúde: Vereadores solicitam veículo adaptado e melhoria no atendimento às gestantes

Durante a 76ª Reunião Ordinária de 2022, realizada nesta quinta-feira (24), foram aprovados documentos solicitando melhorias para a área da saúde no município de Ouro Preto.

A Indicação Nº 443/2022, de autoria do vereador Zé do Binga (PV) e  encaminhada ao Prefeito Municipal e ao Secretário de Saúde, solicita a análise da possibilidade de aquisição de um veículo adaptado para o transporte de cadeirantes, a fim de  atender a demanda dos pacientes do  Centro Especializado em Reabilitação (CER).

De acordo com o parlamentar, o objetivo do documento é permitir que o Município leve seus pacientes a consultas em outras localidades com mais conforto. “É merecedor ter um carro confortável para os pacientes, pois vão muitas pessoas para Itabirito, muitas vezes fazer testes de próteses e fisioterapia. Mesmo aqui em Ouro Preto que  nós temos o local para a fisioterapia as pessoas estão andando em carros desconfortáveis”, ressaltou.

Buscando melhorar o atendimento às gestantes no município, o Requerimento Nº 393/2022, de autoria da vereadora Lílian França (PDT), encaminhado ao Conselho Municipal de Saúde (CMS) e à Santa Casa da Misericórdia de Ouro Preto, solicita informações acerca da falta do exame de Cardiotocografia (CTG), procedimento que permite a detecção precoce do sofrimento fetal, na instituição.

Segundo a vereadora, a cardiotocografia é fundamental para garantir que a gestação transcorra bem nas últimas semanas, uma vez que o  resultado do exame pode indicar insuficiência na oxigenação cerebral do bebê. No entanto, o aparelho disponível na Santa Casa está estragado há meses, colocando em risco o bem estar e a vida do bebê caso alguma alteração se apresente e não possa ser detectada a tempo. 

Cestas de Natal

Também durante a Reunião, foi aprovado o Projeto de Lei Ordinária Nº 486/2022, de autoria do Executivo Municipal, que dispõe sobre o fornecimento de cestas de Natal aos servidores Públicos Municipais e autoriza a abertura de Crédito Especial, no valor de 615 mil reais, destinado a cobertura das despesas com a aquisição das cestas.

Conforme o documento, não há previsão para aquisição de cestas natalinas na Lei Orçamentária de 2022, sendo autorizados créditos suplementares especiais por meio do Projeto.

Anterior Tribuna Livre: Secretária Municipal de Educação presta esclarecimentos sobre funcionamento do transporte escolar