Tribuna Livre: Secretário de Governo informa sobre requerimentos enviados ao Executivo

Tribuna Livre: Secretário de Governo informa sobre requerimentos enviados ao Executivo

Câmara Municipal de Ouro Preto - Tribuna Livre: Secretário de Governo informa sobre requerimentos enviados ao ExecutivoDurante a 23ª Reunião Ordinária de 2022, realizada nesta quinta-feira (28), o Secretário de Governo, Yuri Assunção, fez uso da Tribuna Livre para responder os  questionamentos dos vereadores sobre os documentos enviados ao Executivo pela Casa Legislativa que ainda não foram respondidos.

Conforme o secretário, em relação a 2020, houve um grande aumento no número de documentos enviados pela Câmara à Prefeitura em 2021, causando um congestionamento no envio das respostas.

Também foi informado que a Prefeitura iniciou a implantação de um sistema eletrônico para substituir o processo de recebimento físico dos documentos, ocasionando uma falta de comunicação entre os Poderes.

Segundo o secretário, a Prefeitura está adotando medidas, como a criação de Matrizes de Indicações e de Demandas, para melhorar o ritmo das respostas e captar as demandas de maneira mais eficiente. “A ideia é a gente tentar melhorar esse fluxo para fazer esse serviço de forma mais célere. A administração pública já é muito morosa, então a gente precisa diminuir ainda mais essas dificuldades e trâmites burocráticos”, destacou.

Para o vereador Luiz Gonzaga do Morro (PL), presidente da Casa Legislativa, a presença do secretário foi muito importante para esclarecer a situação dos documentos enviados pelos vereadores. “A vinda do secretário foi muito pertinente, porque ele explicou para nós parlamentares o motivo de documentos que foram enviados para a prefeitura ainda não terem sido respondidos”, disse.

Educação

Também durante a reunião, foi aprovada a Representação Nº 120/2022, de autoria do vereador Renato Zoroastro (MDB) e    encaminhada às empresas da região, solicitando informações sobre a disponibilidade das mesmas no desenvolvimento do Projeto das Escolas Sustentáveis.

De acordo com o parlamentar, conforme as orientações da Conferência Nacional de Educação, a educação ambiental envolve a promoção de processos pedagógicos que favoreçam a construção de valores sociais, conhecimentos, habilidades e
atitudes voltadas para a conquista da sustentabilidade socioambiental e a melhoria da qualidade de vida.

Sendo assim, faz-se necessário que as empresas atuantes na região se mobilizem para garantir diversificar estratégias que podem ser utilizadas para transformar uma instituição em uma escola sustentável.

Segundo o vereador,  para que uma comunidade escolar esteja consciente e viva em harmonia com a natureza, não é necessário alterar a estrutura física ou fazer mudanças profundas no sistema de funcionamento, mas sim, buscar parcerias para viabilizar os projetos. “A gente entende que a escola é um espaço de conscientização e multiplicação de ideias, e que a gente pode, com pequenas ações, desenvolver grandes projetos que com certeza irá contribuir para a educação de forma integral de todos os alunos”, explicou.

Anterior Juventude: Vereadores participam da assinatura da Lei que cria o programa Jovens de Ouro 2.0

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.