Vereadores de Ouro Preto e região buscam soluções para o aumento do tráfego na Rodovia dos Inconfidentes

Vereadores de Ouro Preto e região buscam soluções para o aumento do tráfego na Rodovia dos Inconfidentes

Vereadores de Itabirito estiveram na Câmara de Ouro Preto para debater o problema da BR 356

Vereadores de Itabirito estiveram na Câmara de Ouro Preto para debater o problema da BR 356

Durante a reunião ordinária da Câmara de Ouro Preto, realizada no dia 28 de abril, os vereadores itabiritenses Edgar Franzen de Lima e Rosilene do Carmo Cardoso participaram da Tribuna Livre para debater com os edis ouro-pretanos a situação da Rodovia dos Inconfidentes (BR-356) e o aumento do tráfego de carros e carretas na região.

Devido à interdição da ponte do Rio das Velhas, localizada na BR-381, em Sabará, no último dia 20, o trânsito do local foi desviado para as rodovias MG-262 e BR-356, que cortam as cidades de Ouro Preto e Mariana. Com isso, a preocupação dos vereadores é que o grande fluxo de veículos, inclusive de carga pesada, prejudique a conservação da estrada e provoque acidentes.

O vereador de Ouro Preto, Flávio Andrade (PV), acredita que a união entre as Câmaras da região possibilitará a redução do fluxo de veículos na Rodovia dos Inconfidentes, por meio de rotas alternativas e intervenções do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). “A ideia é articular melhor os vereadores, para que possamos fazer um trabalho em conjunto com as prefeituras e o Dnit a fim de diminuir o problema do desvio do trânsito para a Rodovia dos Inconfidentes, que tem gerado muitos transtornos aos moradores de Itabirito, Ouro Preto, Mariana e Ponte Nova”, salienta Flávio Andrade.

Nesse sentido, os vereadores de Ouro Preto, Flávio Andrade e Regina Braga (PSDB), e representantes dos outros três municípios se reuniram na última terça-feira (3), em Belo Horizonte, com o supervisor do Dnit responsável pela região, o engenheiro Alexandre de Oliveira. “As comunidade ribeirinhas, principalmente, têm sofrido grande risco de vida. Estamos procurando soluções para este problema do tráfego na Rodovia e fizemos várias sugestões, durante o encontro, como a construção de quebra-molas, para segurar o trânsito e aumentar a segurança dos pedestres”, salientou a vereadora Regina Braga.

O supervisor do Dnit solicitou que a Prefeitura e a Câmara de Ouro Preto encaminhem um documento oficial com o pedido das medidas emergenciais para a Região dos Inconfidentes. De acordo com o vereador Flávio Andrade, há também questões pontuais que requerem solução como o tráfego no distrito de Cachoeira do Campo; a Rodovia do Contorno próximo ao Hospital Santa Casa; além de sinalização para o trecho que liga a Serra de Itabirito à Ouro Preto – que após recapeado permanece sem faixas indicativas – e construção de quebra-molas na região da Avenida Nossa Senhora do Carmo.

As cidades continuarão convivendo com o fluxo intenso de veículos por pelo menos mais 60 dias – tempo previsto para instalação de uma ponte metálica, ao lado do segmento danificado em Sabará, que será construída pelo Exército e receberá cerca de 90% do trânsito hoje desviado.

 

 

Anterior Escola Cidadã emite cerca de 50 documentos para alunos do Horácio Andrade

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.