Vereadores Estudantes debatem relações entre mídia e poder

Vereadores Estudantes debatem relações entre mídia e poder

Vereadores Estudantes debatem relações entre mídia e poder

Câmara Municipal de Ouro Preto - Vereadores Estudantes debatem relações entre mídia e poder

Tão importante no mundo contemporâneo quanto as transformações políticas, é a veiculação desses fatos pelos meios de comunicação. Essa constatação foi o ponto de partida do debate promovido pelo projeto Vereador Estudante no último sábado,2, para discutir as relações entre a mídia e o poder. Depois da exibição do filme “Muito além do Cidadão Kane”, produção da rede britânica BBC que conta a trajetória da Rede Globo de Televisão, o público presente também levou outra questão ao centro das discussões: a influência da mídia, principalmente televisiva, na vida das pessoas comuns e no desenrolar processo político que ela leva aos noticiários. “Nesta atividade, todos nós pudemos aumentar o nosso senso crítico, a nossa capacidade de avaliar o teor das notícias. Despertar o espírito crítico deve ser uma preocupação constante em todas as fases da vida”, comentou o jornalista Antônio de Pádua que ao lado do também jornalista Rondon Marques conduziu o debate.

A influência da publicidade no cotidiano da população foi o ponto da discussão que mais chamou a atenção da vereadora-estudante Tatiana Beatriz, 13 anos, aluna da Escola Dom Bosco de Cachoeira do Campo. “Não podemos deixar nos levar pelas coisas que assitimos na televisão, temos que analisar em nossa consciência se essas coisas são certas ou erradas. Todos os dias vemos pessoas que querem ser iguais aos personagens das novelas”, afirmou Tatiana. O vereador-estudante Gabriel de Oliveira, 14 anos, aluno da Escola Desembargador Horácio Andrade, concordou com sua colega de Câmara Estudante. “Há muitas fraudes na televisão. A propaganda de um perfume transmitida pela TV faz as pessoas acreditarem que o produto é bom mesmo sem elas saberem qual é o seu cheiro”, exemplificou Gabriel.

Depois da exibição de “Muito Além do Cidadão Kane”, o presidente da Cãmara, Wanderley Rossi Kuruzu (PT), atuou como repórter num bate papo descontraído com os parlamentares-mirins sobre a TV e a realidade brasileira. “O debate quer levar aos vereadores-estudantes o que está por trás das notícias, a importância das várias versões de um fato. É como o exemplo dado pelo Rondon: uma pessoa que está caminhando na rua e que esbarra num conhecido que nem ao menos a cumprimenta, vai dizer: ‘Puxa, passei pelo fulano e ele foi mal educado, nem me cumprimentou’. A pessoa que recebeu a trombada, por sua vez pode pensar ‘Estou chateado, porque estava tão preocupado em resolver um problema, que passei por ciclano e nem o cumprimentei’”, exemplificou Kuruzu.

Foto: O presidente da Câmara, Wanderley Kuruzu, “entrevista” os vereadores-estudantes.

Publicado por: Assessoria de Comunicação em 05/12/2006

Anterior Câmara concede título de cidadão honorário ao ministro Márcio Fortes

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.