Vereadores ouro-pretanos discutem cobrança de tarifa do Semae

Vereadores ouro-pretanos discutem cobrança de tarifa do Semae

Kenny Murta participoou do Tribuna Livre afim de esclarecer questões referentes ao Semae

A superintendente do Serviço Municipal de Água e Esgoto de Ouro Preto (Semae-OP), Kenny Murta, participou da Reunião Ordinária dessa terça-feira (1º).  A gestora da autarquia foi convocada pelos vereadores a comparecer na Tribuna Livre, por meio do requerimento Nº92, devido ao alto número de reclamações que os edis têm recebido no tocante à cobrança da Tarifa Básica Operacional (TBO) e à qualidade do serviço de abastecimento de água no município.

Para a vereadora Regina Braga (PSDB), a prefeitura não deveria, em um primeiro momento, arrecadar a TBO de bairros e distritos onde não haja abastecimento de água com qualidade. A vereadora destacou, também, a ocorrência de duplicidade das contas, que gerou muita confusão entre os munícipes. “Pedimos que pelo menos seja revisto o sistema de cobrança. Existem pessoas que possuem apenas uma casa e estão recebendo três cobranças da mesma residência. É preciso resolver o problema, principalmente, nos distritos, onde os moradores já estão pagando a taxa e ainda precisam de arcar com passagens para consertar um erro que é do Semae”, ressaltou.

Kenny Murta reconheceu que há falhas na distribuição das contas, mas garantiu que o Semae está resolvendo o problema. A superintendente defendeu também que existe uma diferença entre a Tarifa Operacional Básica (TBO) e a cobrança pelo consumo de água. “A TBO é a taxa que era paga no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Todo o valor ia para a prefeitura. Agora, a arrecadação vai diretamente para a autarquia”, afirmou. Segundo ela, a ideia é que a TBO seja investida na própria localidade onde é recolhida, como nos distritos, por exemplo.

Os vereadores se comprometeram a continuar fiscalizando tanto o sistema de cobrança da autarquia, como a qualidade do serviço prestado à população ouro-pretana. “O vereador é o espelho do município, porque somos os representantes do povo. Qualquer tipo de questionamento ou reclamação é feito para nós primeiro, por isso vamos continuar cobrando do Semae uma água de qualidade em Ouro Preto”, finalizou Regina Braga.

 

Anterior Câmara de Ouro Preto busca solução para famílias do Alto Taquaral

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.