Vereadores prometem apoiar professores na busca pela aplicação do piso salarial

Vereadores prometem apoiar professores na busca pela aplicação do piso salarial

Mesa diretora da Câmara durante reuniãoProfessores da rede municipal de ensino lotaram o Plenário da Câmara Municipal de Ouro Preto nessa terça-feira (23), durante a Reunião Ordinária dos vereadores. A direção do Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos Municipais de Ouro Preto (Sindsfop) participou da Tribuna Livre para pedir apoio dos edis para intermediarem as negociações junto ao Poder Executivo.

Os servidores da Educação estão em greve geral desde o dia 19 de fevereiro. Os trabalhadores reivindicam a aplicação do piso nacional para professores no valor de R$950 e a reformulação do estatuto dos servidores e do plano de carreira. De acordo com a presidente do Sindsfop, Aparecida Peixoto, 98% das escolas municipais estão fechadas. “Hoje, são mais de 10 mil alunos fora de sala de aula e mais de mil servidores em greve, entre professores, auxiliares e secretários de escola”, explicou Peixoto.

“Nós entendemos que a greve é legítima, e o movimento tem sido pacífico. Lamentamos ter chegado a esse ponto extremo, pois a greve é prejudicial tanto para os professores quanto para os alunos. Todos os vereadores estão apoiando o movimento, e  vamos auxiliar as negociações para fazer valer o piso nacional em nosso município”, enfatizou o presidente da Câmara, vereador Júlio Pimenta (PPS).

Vereadora Regina BragaA vereadora Regina Braga (PSDB) também garantiu o apoio aos professores. “Agora é a hora de união da Câmara em prol dessa questão. Todos os vereadores foram unânimes em dizer que é uma reivindicação justa. A Câmara comprou essa briga e vai lutar de forma ordeira. A gente vai fazer o que puder para ajudar os servidores da Educação”, salientou a vereadora.

Os vereadores vão se reunir com o prefeito Angelo Oswaldo para intermediar as negociações entre a prefeitura e o sindicado, principalmente em relação à aplicação do piso salarial nacional, para que a greve termine o mais rápido possível e com um resultado satisfatório.

 

Anterior Educação é tema central na reunião da Câmara de Ouro Preto

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.