Você está em:

Câmara estimula homens a participarem do Novembro Azul

E-mail Imprimir PDF

O mês de novembro foi escolhido para representar o cuidado com a saúde do homem. Conhecida como Novembro Azul, a campanha tem como objetivo conscientizar o homem sobre a importância dos cuidados diários com a saúde, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata. Existem dois exames que, em faixas etárias específicas, são de grande importância: o toque retal e a dosagem de PSA (antígeno prostático específico). A Câmara Municipal de Ouro Preto apoia o movimento Novembro Azul e aderiu à iluminação azul de seu prédio.

De acordo o Ministério da Saúde, o Sistema Único de Saúde (SUS), junto à Política Nacional de Atenção Oncológica, garante o atendimento integral a todos aqueles diagnosticados com câncer, por meio das Unidades de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) e dos Centros de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon). O Ministério adverte, ainda, que o câncer de próstata é o sexto tipo mais comum no mundo e de maior incidência nos homens.

O presidente da Câmara, Wander Albuquerque (PDT), ressalta que “é muito importante a Câmara participar desse tipo de ação, por isso, nós apoiamos o Outubro Rosa mês passado e agora o Novembro Azul, para conscientizar tanto as mulheres como os homens sobre a importância com os cuidados com a saúde”.

O Novembro Azul alerta sobre os fatores de risco para o câncer de próstata: homens acima dos 50, com câncer no histórico familiar, homens com sobrepeso ou obesos, além daqueles que fazem uso indiscriminado de álcool e tabaco.

Movimento Novembro Azul

A ação foi criada na Austrália, em 2003, chamado Movember, e chegou ao Brasil pelo Instituto Lado a Lado pela Vida em 2008. A campanha tem como objetivo romper o preconceito dos homens de irem ao médico e fazer o exame de toque.