Você está em:

Câmara concede dez moções de aplauso

E-mail Imprimir PDF

O Plenário da Casa Bernardo Pereira de Vasconcelos recebeu homenageados, amigos e familiares para a segunda entrega de moção de aplauso deste ano, ocorrida durante a reunião ordinária dos vereadores ouro-pretanos, nessa terça-feira (19). Os homenageados foram: Clube Máster Arquidiocesano, Comunidade Lírios do Campo, Celso Alves Moreira, Célio Augusto Pedrosa, Diva Expedita Magalhães, Efigênia Pena Dias, Encontro de Jovens com Cristo, Escola de Música Padre Simões, Francisco de Paula Mendes e República Boite Casablanca.

 

Na oportunidade, o vereador Alysson Gugu (PPS) homenageou o Clube Máster Arquidiocesano pelos 45 anos de história dos peladeiros que criaram um dos melhores e mais respeitados grupos de jogos informais de futebol da região. Segundo ele, “a escolha surgiu, principalmente, pelo tempo que essa turma conseguiu se mobilizar e continuar jogando futebol. São mais de 45 anos desse clube que foi fundado em 2 de janeiro de 1973 e, até hoje, essa pelada acontece com o ranca do campinho do Colégio Arquidiocesano”.

Representando a Escola de Música Padre Simões, Virgílio Varela Vianna, diretor financeiro e conselheiro da Fundação de Educação, Artes e Cultura, que é responsável pela entidade ouro-pretana), destacou a atuação da iniciativa, que foi reconhecido pela moção de aplauso de autoria do vereador Chiquinho de Assis (PV). “Para a escola de música e para fundação é uma honra muito grande o reconhecimento da Câmara de Vereadores de Ouro Preto, porque é um trabalho muito importante sob vários aspectos. No artístico e cultural, resgata a uma tradição de Ouro Preto; por outro lado, temos o social com o objetivo de dar a essas crianças participantes a oportunidade de atingir um universo que normalmente seria impossível para eles. Hoje, nós atendemos cerca de 400 alunos, nesse projeto que é muito típico e muito ligado a Ouro Preto, especialmente à Paróquia do Pilar, que sempre foi apoiadora dessa ação”.

Célio Augusto Pedrosa recebeu a moção de aplauso, de autoria do vereador Vantuir Silva (SD), pelos relevantes serviços prestados na área educacional de Ouro Preto, especialmente em Cachoeira do Campo. “Uma satisfação enorme ser agraciado com essa moção de aplauso, eu sou de Santo Antônio do Leite, trabalho na área da educação, especificamente em Cachoeira do Campo, fui diretor do Padre Afonso de Lemos, do Caic, e do Dr. Pedrosa em Santo Antônio do Leite. Prestar serviços na área da educação é muito prazeroso”.

Para o vereador Marquinho do Esporte (SD), os homenageados são pessoas que sempre contribuem com o município de Ouro Preto. “Essa é uma forma de retribuirmos isso. E percebemos que elas ficaram muito alegres e satisfeitas com nossa homenagem e nós também ficamos felizes em termos a oportunidade de dar esse reconhecimento”. O presidente da Câmara, Wander Albuquerque (PDT), concorda: “Tivemos pessoas e entidades que têm um trabalho relevante na nossa cidade. Essa é a segunda entrega de moções de 2018 para pessoas importantes que prestam bons serviços e entidades que engrandecem a cidade de Ouro Preto”.