Você está em:

Câmara solicita criação de Centro de Reabilitação Pós-Covid

E-mail Imprimir PDF


Durante a 21ª Reunião Ordinária de 2021, realizada nesta quinta-feira (18), foi aprovada a criação de um centro reabilitador para que os pacientes que se recuperaram da Covid-19 possam usufruir de  tratamento especial e acompanhamento médico, a fim de que se recuperem efetivamente da doença.

A Indicação N°217/2021, de autoria do vereador Renato Zoroastro (MDB), teve como justificativa a necessidade dos pacientes que foram acometidos pelo coronavírus, principalmente os que passaram pela Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), de se recuperar propriamente, tendo em vista o tempo da internação e o tipo da lesão.

De acordo com Zoroastro, muitos dos pacientes saíram do hospital portando diversas sequelas. “A gente sabe que as pessoas, principalmente as que passaram pela UTI, sofrem diversos tipos de sequelas, como cansaço, falta de memória, falta de concentração, dificuldades para respirar, algumas sentem medo, ansiedade. Então a ideia de criar esse Centro de Reabilitação Pós-Covid é justamente para a gente poder reabilitar esses pacientes, auxiliando-os no tratamento posterior, para promover a volta à rotina e dar uma melhor qualidade de vida”, ressaltou.

A equipe de atuação, de acordo com o parlamentar, seria formada por fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicólogos, professores de educação física e nutricionistas, visando sempre uma parceria com a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), tendo em vista a existências destes cursos de graduação na Universidade.

Diante da indicação do vereador Renato Zoroastro, a vereadora Lílian França (PDT), comentou a necessidade dos fisioterapeutas. “Esse Centro será muito importante, mas também será necessário que os fisioterapeutas visitem as casas, pois há muitos pacientes em recuperação que têm dificuldade de locomoção”, acrescentou.

A questão do fator psicológico, que acomete muitos dos pacientes, também foi debatida durante o plenário. “Muitas pessoas vítimas da Covid, que sobreviveram, ainda sofrem com sequelas e principalmente com o fator psicológico. Então eu acredito que mesmo que o município não dê conta de criar um centro, que possa ter projetos relacionados a isso, dentro das Unidades Básicas de Saúde, dentro dos setores que envolvem a saúde, porque realmente, a gente vê que o processo do Covid não dura apenas 14 dias, muitos pacientes ainda necessitam de tratamento com fisioterapeutas, nutricionistas e psicólogos”, comentou o vereador Matheus Pacheco (PV).

Covid-19 em pauta

Além da indicação solicitando a criação do Centro de Reabilitação Pós-Covid, a questão do coronavírus ainda foi abordada de outras formas pelos parlamentares.

Durante a discussão do Requerimento N° 132/2021, o vereador Alex Brito (CIDADANIA), solicitou que a Prefeitura Municipal, bem como a Secretaria Municipal de Saúde informe aos vereadores e à população se as doses da vacina contra a Covid-19 disponibilizadas também podem ser destinadas de imediato tratando como prioridade os pacientes transplantados, pacientes de hemodiálise, paciente em tratamento de quimioterapia e radioterapia.

O vereador Luciano Barbosa (MDB), em seu Requerimento N° 136/2021, pediu informações ao  Prefeito e à Secretaria Municipal de Saúde a respeito da parceria firmada entre Hospital de Campanha e Santa Casa da Misericórdia de Ouro Preto.

No requerimento, o vereador Luciano também questiona sobre os valores que serão repassados do município para a Santa Casa e também se a Santa Casa utilizará os serviços prestados pelos funcionários que já trabalham no Hospital de Campanha ou se irá trazer a equipe do seu quadro de pessoal.