Câmara forma comissão para analisar situação de moradores carentes de Cachoeira

Câmara forma comissão para analisar situação de moradores carentes de Cachoeira

Tribuna LivreA política habitacional no município voltou a ser assunto de debate na Câmara de Ouro Preto durante reunião ordinária realizada na tarde de ontem (13). Após pronunciamento do vereador Luiz Gonzaga (PR),  no qual apontou problemas com famílias abrigadas no CAIC de Cachoeira do Campo, o presidente da Casa, vereador Júlio Pimenta (PPS), nomeou uma comissão formada pelos vereadores Paquinha (PR), Crovymara Batalha (PMDB) e Luiz Gonzaga para analisar a situação.

A vereadora e líder de governo na Câmara, Crovymara, informou que uma reunião entre a comissão especial de vereadores e o poder executivo será realizada nesta quarta-feira (14), às 13h30, na Secretaria de Assistência Social e Cidadania.

Crovymara usou a palavra, também, para informar que o Edital de Transporte Coletivo da cidade está sendo analisado pelo Promotor da 4ª Promotoria, Ronaldo Crawfort, há cerca de 20 dias.

Tribuna Livre

Outro assunto debatido, durante a reunião da Câmara, foi a expansão do uso e tráfico de drogas em Ouro Preto. A discussão teve início após participação, no espaço de Tribuna Livre, do estudante de direito, Alexandre Pereira, que apresentou proposta de criação de uma ONG para defesa de pessoas carentes, principalmente, na área criminal.

O vereador Léo Feijoada (PSDB) solicitou que outra comissão de vereadores fosse formada para que o funcionamento do Centro de Atenção Psicossocial – Álcool/Drogas (CAPS/AD) seja avaliado. Júlio Pimenta nomeou os vereadores Flávio Andrade (PV), Paquinha e Léo Feijoada para comporem a comissão especial que fará uma visita, analisará os serviços oferecidos pelo Centro e fará sugestões em relação à prevenção e tratamento dos dependentes de drogas e álcool no município.

 

Foto: O estudante de direito, Alexandre Pereira, (esq.) durante a reunião ordinária da Câmara.

Anterior Partidos definem lideranças de bancada na Câmara

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.