32ª Audiência Pública discute medidas de informação e proteção às gestantes e parturientes contra a violência obstétrica

32ª Audiência Pública discute medidas de informação e proteção às gestantes e parturientes contra a violência obstétrica

 

Câmara Municipal de Ouro Preto - 32ª Audiência Pública discute medidas de informação e proteção às gestantes e parturientes contra a violência obstétricaNesta quarta-feira (13), a Câmara Municipal de Ouro Preto realizou a 32ª Audiência Pública de 2021, em atendimento ao Requerimento Nº 358/2021, de autoria da vereadora Lilian França, para debater sobre “Medidas de informação e proteção às gestantes e parturientes contra a violência obstétrica no Município de Ouro Preto”.

 

Câmara Municipal de Ouro Preto - 32ª Audiência Pública discute medidas de informação e proteção às gestantes e parturientes contra a violência obstétricaParticiparam da Reunião representantes da Secretaria Municipal de Saúde e Conselho Municipal de Saúde e da Santa Casa de Misericórdia, além de agentes femininas municipais que lutam em prol da proteção das gestantes e parturientes.

Ao final do encontro, oito encaminhamentos foram deliberados e serão direcionados aos órgãos competentes:

1-Melhor acolhimento das gestantes, a fim de incentivar os partos na Santa Casa de Ouro Preto;

2-Estudar a possibilidade de haver uma UTI Neonatal  na Região dos Inconfidentes;

3-Retorno das Doulas à Santa Casa ;

4-Retorno do Banco de Leite Humano;

5-Implantação da Casa da Gestante ;

6- Trabalho conjunto das Doulas com a Delegacia da Mulher para investigação da Violência Obstétrica;

7- Implementação de um banco de dados que contenham números relativos às denúncias de violências obstétrica;

8-Rever o Valora Minas no que se refere à centralização da Maternidade e Pediatria em outra cidade;

Anterior Obras: Melhorias infraestruturais continuam em pauta na Câmara Municipal

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.