Vereadores de Ouro Preto debatem segurança pública no município

Vereadores de Ouro Preto debatem segurança pública no município

Câmara Municipal de Ouro Preto - Vereadores de Ouro Preto debatem segurança pública no municípioA segurança pública foi tema de debates durante a Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Ouro Preto realizada na última terça-feira (19). Para saber mais detalhes sobre os roubos, furtos e assaltos registrados no município nos últimos dias, o vereador Alysson Gugu (Cidadania) protocolou uma representação que será enviada ao Comandante do 52º Batalhão da Polícia Militar.

O vereador explicou que as informações desses crimes começaram a circular pelas redes sociais, causando pânico na população ouro-pretana. “Há uns 15 dias tivemos notícias de diversos assaltos na região de Ouro Preto, principalmente na sede. Sabemos que a Polícia Militar (PM) trabalha com estatística e quem não faz Boletim de Ocorrências não entra nesses dados. Queremos saber através do Comandante da PM se houve aumento das ocorrências e, se sim, quais alternativas estão sendo tomadas pela Corporação. É importante a PM trazer isso para deixar de criar esse pânico na nossa sociedade. Esse é o principal objetivo, ter essa informação e passar para a população o que a PM está fazendo para conter esses crimes. Aproveitei e falei também sobre o posto da PM que foi inaugurado em Santo Antônio do Leite. Ficamos muito felizes em saber que esse posto foi aberto. Queremos detalhes também sobre essa iniciativa: horário de funcionamento; se há policiamento mais ostensivo devido ao grande número de furtos, roubos e latrocínio naquela região”, pontuou.

O vereador Vantuir (SD) também se posicionou sobre a questão da segurança pública, em especial no distrito de Cachoeira do Campo. “A preocupação dos moradores do município de Ouro Preto, em especial da região de Cachoeira, é que a onda de assalto está muito grande. Só nessa semana tivemos dois assaltos a mão armada no distrito. Estamos muito preocupados. Em reuniões que tivemos com a Polícia Militar, eles falaram de estatísticas, de várias situações. O que venho cobrando é que haja um efetivo maior da PM para ter um resultado mais sólido para a população, que não está vendo esse resultado no dia a dia. O vemos é uma onda de assaltos aumentando. E a população está nos cobrando sempre. Espero que a Polícia Militar tome alguma providência nesse sentido de, talvez uma força tarefa junto com a Polícia Civil para que acabe com essa onda de assalto no nosso município”, disse.

Durante a Reunião Ordinária, os edis aprovaram quatro indicações, quatro representações, 13 requerimentos e quatro projetos de resolução em única discussão. Além disso, também foi aprovado um projeto de Lei Ordinária em 1º discussão e um em redação final.

 

Anterior Câmara realiza Sessão Solene em homenagem aos 50 anos da 2ª Companhia de Bombeiros Militar de Ouro Preto

Deixe O Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.